icon Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

AGRO & ECONOMIA - A | + A

REFLEXO POSITIVO 12.09.2019 | 12h:09

Semana do Brasil: vendas no varejo sobem até 8%

Reprodução/Web

Reprodução/Web

Comércio cuiabano registra aumento de 5% a 8% nas vendas em consequência da Semana do Brasil, que prevê descontos de até 70% nos preços dos produtos e termina no próximo domingo (15).

 

Nos estabelecimentos locais participantes da ação promocional, a venda sazonal apresentou variação nos últimos 6 dias, com resultado positivo em relação ao mesmo período de 2018. Lojas instaladas em shoppings da cidade tiveram maior fluxo de clientes no fim de semana, marcado pelo feriado da Independência do Brasil, no sábado (7). 

 

Já o comércio de rua percebeu maior circulação de pessoas na última terça-feira (10). A intenção dos consumidores que vão às lojas é levar produtos de qualidade com desconto real. É o caso, por exemplo, da diarista Solange Cristina da Mata Silva, 27. Ela soube da ação por meio de uma amiga. Saiu de Acorizal (a 62 km ao norte de Cuiabá) para comprar calçados para os familiares em Cuiabá. “Passei em 5 lojas e não encontrei o que queria”. Ela aproveitou, porém, para comprar um fogão novo de 5 bocas. 

 

“Estava com uma diferença de quase R$ 200 a menos no preço”. Outra consumidora que aproveitou os descontos para renovar o guarda-roupa dos filhos é a Andressa Rodrigues Santos Carciolari, 34. Moradora de Barra do Bugres, foi surpreendida pelos anúncios da Black Friday verde e amarela ao entrar em uma loja na Capital. Diz que costuma aproveitar as promoções como uma forma de economizar ao comprar o que precisa. 

 

“Os clientes têm pesquisado e comparado os preços. Na nossa loja do centro colocamos 32% dos produtos com desconto de até 70%”, relata Claudinei Santana de Almeida, gerente de varejista de calçados. Nesse setor, o Sindicato do Comércio Varejista de Calçados e Couros (Sincalco/MT) prevê aumento de até 10% no faturamento durante o período. 

 

“É uma ótima oportunidade para os consumidores terem descontos. Isso vale praticamente para todos os setores do comércio, já que os mais variados segmentos aderiram a promoção”, destaca o presidente, Junior Macagnam. Para Maria Helena Leal, gerente de uma loja de roupas e calçados, a Semana do Brasil pouco refletiu nas vendas até o momento. 

 

“Esperamos que aumente até o fim da campanha”. Para estimular as vendas, a varejista de móveis e eletrodomésticos Gazin oferece aos clientes, além dos preços reduzidos, opções diferenciadas de pagamento. As ofertas têm condições regionalizadas, explica o gerente de Marketing Varejo da Gazin, Edson Oleksyw.

 

Fonte: Silvana Bazani - A Gazeta

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
LEITE R$/l 1,09
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet