icon Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

ARTIGOS - A | + A

26.08.2019 | 11h:50

Agroterrorismo e Amazônia

Por: Onofre Ribeiro

Reprodução

Reprodução

Nem mesmo o impeachment da presidente Dilma Rousseff conseguiu mobilizar os brasileiros para o debate como nesse caso dos incêndios na Amazônia e as ameaças à soberania nacional. Escrevi neste espaço artigo recente “Agroterrorismo”. Muitas controvérsias. Muita gente a favor das críticas internacionais e muita gente defendendo a soberania do Brasil na Amazônia.           

 

Vamos a alguns números para embasar a tese de que se trata de agroterrorismo ligado à geopolítica do comércio internacional de um lado. De outro, a questões políticas internas da União Europeia. A produção de soja do Brasil na safra de 2019/20 está estimada em 123 milhões de toneladas. O maior produtor mundial, os EUA, está estimada em 113 milhões de toneladas. O Brasil deverá exportar 75 milhões de toneladas e os EUA 53 milhões. Isso por si só já revela bons argumentos pra uma guerra comercial mundial.            

 

De outro lado, a União Europeia está enfrentando respeitável inferno astral. A saída da Inglaterra enfraquece o conjunto europeu. Mas ficará pior quando a Inglaterra estiver livre pra estabelecer acordos comerciais com quem quiser, hoje impedida pelas regras a países membros. A França enfrentará uma eleição presidencial em 2022. Com o enfraquecimento das principais economias europeias como a França, a Alemanha e a Itália, principalmente, o continente entrará em recessão econômica provavelmente a partir de 2020. Macron já sabe o que enfrentará e precisa além de desviar as atenções dos problemas franceses, onde enfrenta severos desgastes políticos. Nas suas costas desordens sociais provocadas pelas imigrações, enfraquecimento da economia e desemprego.            

 

Nos próximos anos guerras não-declaradas serão estabelecidas entre países ricos por fatias do mercado exportador. O Brasil entrar nessa guerra como produtor de alimentos e como detentor de ativos estratégicos ambientais como água, oxigênio, minerais, sustentabilidade e tecnologias da produção agro. O renascimento do Brasil diante do mundo depois das reformas estruturais em andamento, complicará bastante esse cenário já complicado por si mesmo.            

 

É dentro desse cenário que surgem os incêndios na Amazônia. No fundo, quando se passa tudo isso a limpo, vai nos restar mesmo uma única questão: a soberania brasileira sobre a região.  É aí que o Brasil deve focar suas posições.

 

Onofre Ribeiro é jornalista em Mato Grosso

onofreribeiro@onofreribeiro.com.br    www.onofreribeiro.com.br

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
LEITE R$/l 1,09
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet