icon Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

ARTIGOS - A | + A

04.07.2019 | 22h:22

Cartão de crédito – saiba como melhor utilizá-lo!

Por: Flávio Rosa

Assessoria

Assessoria

Nos cursos que ministro de Finanças Pessoais, a frase que mais ouço é “ eu posso cancelar o meu cartão de crédito e está tudo resolvido?”. Poderia ser uma verdade, numa época em que os comércios não passavam cartões, mas o mundo se modernizou. Quando me deparo com essa situação, reforço como é importante a educação financeira.

 

Entendo que a comodidade da utilização do cartão faz com que não percebamos o quanto gastamos ou que, simplesmente, não tenhamos o hábito de controlar os nossos gastos. Situações desse tipo são muito comuns, em meus atendimentos. Sempre reforço a importância da educação financeira.

 

Diante disso, o que precisamos fazer? Precisamos seguir três passos:Primeiro, descrever a nossa receita bruta, depois, junto com ela, discriminar todos os descontos para dimensionarmos a despesa líquida; segundo, fazer investimento; e, terceiro, descrever todas as nossas despesas fixas.Assim saberemos qual é o valor que sobrará para despesas variáveis. Defina um valor que atenda às suas necessidades sem perder de vista a sua qualidade de vida. Warren Buffet, um dos homens mais ricos do mundo, usa a seguinte equação para obter o sucesso: Receita – Investimento > Despesas.Vejamos um exemplo prático:Se o cartão de crédito é uma variável importante na sua despesa mensal, tenha o LIMITADOR DE GASTOS. 

 

Como assim? Por exemplo, se, durante o mês, você pode gastar somente o valor de R$ 7.500,00, importante ter em mente que não poderá ultrapassar esse limite. Caso o ultrapasse, precisará retirar da reserva de emergência, ou, da reserva da Paz, ou, pior, pagará juros altíssimos por não ter o valor para cobrir o gasto.

 

A regra é pensar: posso gastar os R$ 7.500,00 com o que desejo e com o que preciso. Esse recurso é livre para meu uso. Para facilitar a conta, pego R$ 7.500,00 e divido por 30 (trinta) dias, o resultado dará o valor de R$250,00, ou seja, posso gastar duzentos e cinquenta reais por dia, durante o mês. Caso eu tenha gasto R$ 6.000,00, mas ainda estou no vigésimo dia do mês, terei que “sobreviver” por mais 10 dias com R$ 1.500,00.

 

Pode parecer irrealizável, mas se praticar, você verá como o seu cérebro e o seu instinto de sobrevivência criarão meios para isso acontecer.  Acredite em você, foque em encontrar a solução e tenha o pensamento positivo.Para que você não esqueça o valor limite que pode utilizar, faça um exercício simples: escolha um valor qualquer, por exemplo, R$ 7.500,00. Toda vez que você se lembrar de abastecer o tanque do seu carro, pense “posso gastar até R$ 7.500,00 com o abastecimento do carro”. Você poderá me dizer “Nossa, que viagem!!!”. 

 

A minha resposta seria “Sim”, justamente por imaginar impossível gastar tanto dinheiro com combustível que essa ideia não sairá de sua cabeça. Mas lembre-se, isso é só um exemplo, você pode aplicar essa técnica, em outras circunstâncias, você pode trocar a referência.

 

O importante é trocá-la por algo exagerado. Não recomendo utilizar como referência seus gastos com alimentação, nem objetos de desejo. A ideia é que não seja uma referência de desejo. Escolha conta de luz, água, seja criativo.Defina um valor e tenha disciplina para nunca ultrapassá-lo. Saiba qual é o dia do fechamento da fatura do seu cartão, e, caso queira comprar algo, após ter atingido o seu “LIMITE DE GASTO”, espere até o fechamento da fatura.

 

Esperar até o fechamento da fatura é o melhor exercício que existe para controlar a ansiedade de comprar coisas. Você sabia que 90% das compras, segundo dados estatísticos, são realizadas por impulso? Essa atitude evitará que você compre um “elefante branco”, por exemplo.Não culpe seu cartão de crédito, afinal ele chegou até você pela sua solicitação e a fatura estava zerada. Você nunca vai ouvir rico reclamando de cartão de crédito, então pense como o rico. 

 

O que precisa ser feito é conhecer seus hábitos, mudar a forma de pensar.É preciso ter sempre em mente as seguintes perguntas:a) O que estou fazendo, leva-me ao meu objetivo?b) O que estou comprando, ajuda-me em que?c) O que me impede de reduzir o custo do cartão de crédito?Quanto antes você começar, mais fácil ficará sua jornada. Certas formas de pensamentos levam a decisões que não nos agradarão, no futuro, mas o imediatismo parece ser tão necessário como tomar água. Eu o convido a mudar seu hábito, revalidar suas crenças para alcançar o seu objetivo.

 

Itens que você precisa saber sobre o seu cartão de crédito: Saiba quanto você paga na pela anuidade?Saiba quanto você paga de tarifa bancária ou cesta?Saiba quais são os serviços e benefícios que o seu cartão lhe oferece, e os utilize!!!Limite de cartão de crédito é dinheiro fácil, porém os JUROS SÃO MUITO MAIS ALTOS!!!

 

Nunca pague somente o mínimo ou conhecido por o rotativo do seu cartão de crédito. Caso precise, faça um empréstimo, pois os juros serão menores.Não pague boletos com o cartão de crédito, você perceberá que pagará juros mais altos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
LEITE R$/l 1,09
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet