icon Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019

BRASIL & MUNDO - A | + A

21.10.2019 | 11h:45

Delegado Waldir admite derrota e Eduardo Bolsonaro é o novo líder do PSL

Por: IG Política

Delegado Waldir arrow-options
Antônio Augusto/Câmara dos Deputados
Delegado Waldir admite derrota e reconhece Eduardo como novo líder do PSL

Delegado Waldir (PSL-GO), líder do PSL na Câmara, divulgou um vídeo nesta segunda-feira (21) em que admite a derrota e reconhece Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como novo líder do partido na Câmara. O deputado de Goiás disse estar à disposição do novo líder.

"Já estarei a disposição do novo líder para de forma transparente passar para ele toda a liderança do PSL", afirmou Delegado Waldir .

Mais cedo, o líder do governo na Câmara, deputado Vitor Hugo (PSL-GO) protocolou mais uma lista pedindo a alteração da liderança do partido na Casa . 29 deputados assinaram a nova lista que pedia que Eduardo Bolsonaro se torne líder da legenda. Horas depois, a oficialização foi confirmada pela Secretaria-Geral da Mesa.

Delegado Waldir disse, porém, disse que não está subordinado a nenhum presidente e afirmou que a Constituição prevê que o executivo não deve interferir no Parlamento.

Leia também: PSL pagou por parte de campanha de Bolsonaro com "caixa oculto", diz site

"Queria agradecer aos parlamentares que confiaram nesse nosso projeto, dizer que não sou subornidado a nennum governador, nenhum presidente, mas sim ao meu eleitor e vou continuar defendendo todas as prerrogativas do parlamento, nós não rasgamos a Constituição ainda, nós não rasgamos a Constituição. A Constituição prevê que o executivo não deve interferir no parlamento em nenhum ação", reiterou.

Assista ao vídeo em que Delegado Waldir admite a derrota

Na última semana, as duas alas do partido (aliados de Bolsonaro e aliados de Bivar, presidente nacional da sigla), travaram uma guerra que acabou com a destituição da deputada Joice Hasselmann do cargo de líder do governo no Congresso.

Leia também: Malafaia chama Joice de hipócrita e deputada rebate: "Posa de amiguinho"

Bivar tirou ainda o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e o próprio Eduardo dos comandos da legenda no Rio de Janeiro e em São Paulo, respectivamente. Também aliada de Bolsonaro, a deputada Bia Kicis (PSL-DF) foi retirada da presidência da sigla no Distrito Federal.

Em meio à crise pesselista, foi divulgado ainda um áudio do Delegado Waldir dizendo que "implodiria" o governo Bolsonaro, que, segundo ele, estava trabalhando para derrubá-lo em prol do filho.



Fonte: IG Política
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
LEITE R$/l 1,09
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet