icon Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

CIDADES - A | + A

MOVIMENTO HISTÓRICO 09.08.2019 | 17h:40

Após 74 dias, servidores da Educação encerram a greve e retornam às aulas

Por: Rafael Machado - O Bom da Notícia

Sintep MT

Sintep MT

Depois de 74 dias de greve, considerada uma das mais longas da categoria, os servidores da rede estadual de Educação decidiram encerrar a paralisação. Os profissionais retornaram às salas de aula a partir de quarta-feira (14).

 

A decisão ocorreu em assembleia geral, que aconteceu na tarde de sexta-feira (9), em frente ao Tribunal Regional de Trabalho, na Avenida do CPA, em Cuiabá. No entanto, os trabalhadores decidiram continuar em 'estado de greve' e finalizar as tratativas para que o governo cumpra a principal pauta de reivindicação, o cumprimento da Lei Complementar 510, que prevê reajuste salarial de 7,69%.

 

Os servidores iniciaram a greve no dia 27 de maio como forma de pressionar o governador Mauro Mendes (DEM), a aplicação do reajuste previsto em lei. Mas sob a justificativa que o estado estaria impedido de conceder qualquer tipo de aumento neste ano, pois teria ultrapassado o teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), de 49% com gastos de pessoal, Mendes não cedeu à pressão.

 

Após queda de braço com a categoria, nessa semana, o democrata afirmou que todo espaço fiscal aberto, não ultrapassando o limite de gastos com pessoal no patamar de 49% da receita corrente líquida (RCL), no exercício de 2020, será usado para concessão da Revisão Geral Anual (RGA) e dos aumentos remuneratório já concedidos por lei.

 

Nessa semana, a secretária de Educação, Marioneide Angelica Kliemaschewsk, encaminhou uma carta aos gestores das escolas da rede estadual de ensino, pedindo para que retornassem às atividades escolares.

 

A gestora cita na carta que a paralisação já perdura por mais de 70 dias e que já começava a preocupar a sociedade em relação às implicações do movimento. Ela ainda destacou a decisão judicial e uma orientação da PGE, de que a Seduc poderia adotar providências administrativas, caso a categoria não encerrasse a greve.

 

“Desta feita, cabe à esta Secretaria o cumprimento das decisões ora formalizadas, bem como, a informação sobre os procedimentos a serem adotados pelas unidades escolares que retornarem à atividade. […] Diante desse cenário e da impossibilidade de ignorarmos às determinações legais que competem à pasta, conclamamos todos os gestores e equipes pedagógicas das unidades paralisadas a refletirem sobre as possíveis consequências que se desenham para o quadro dos profissionais da educação do Estado”, destacou.

 

O ex-presidente e atual secretário do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), professor Henrique Lopes, classificou compo desnecessária, a tentativa do governo de sensibilizar a categoria, através de uma carta, para encerrar a greve.

 

Abusividade

 

A desembargadora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Maria Erotides Kneip, declarou abusividade do movimento grevista e determinou o retorno dos servidores em três dias, sob pena de multa diária de R$ 150 mil ao sindicato.

 

Na decisão, a desembargadora ainda determinou que no prazo de 15 dias, o Sintep deverá apresentar um calendário de reposição de aula. Ela também manteve a proposta ofertada pelo Estado, por ocasião de audiência conciliação, nos sentido de pagar os dias descontados daqueles profissionais que aderiram ao movimento.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
LEITE R$/l 1,09
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet