icon Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

CIDADES - A | + A

LICITAÇÃO EM RETA FINAL 16.10.2019 | 19h:04

Aterro de Cuiabá será administrado pela iniciativa privada; licitação entra na reta final

Reprodução/Web

Reprodução/Web

Aterro sanitário de Cuiabá será administrado pela iniciativa privada e processo deve ser concluído até sexta-feira (18). No último dia 11, a empresa Única Construtora e Incorporadora Ltda. sagrou-se campeã com a proposta de gerenciar o aterro por um ano no valor de R$ 11,5 milhões. A licitação está na fase de análise de recursos.

 

Ao todo, 4 empresas participaram com lances, sendo o da Única o menor preço. As empresas Wellox Construtora e Locação de Equipamentos, Empresa Pernambucana de Engenharia e Construção e Excelência Construtora ofereceram lances superiores a R$ 12 milhões. Uma das propostas para o aterro é a retirada dos catadores, para atender recomendação do Ministério Público. Somente cadastradas, cerca de 180 pessoas sustentam com recolhimento de materiais recicláveis no local. 

  

Valor mais baixo apresentado foi de R$ 11,5 milhões por um ano

A licitação prevê ainda a administração com acompanhamento direto da entrada de resíduos, inclusive com pesagem. O lixão de Cuiabá foi construído em 1996, com recursos do governo do Estado na ordem de US$ 7 milhões, de acordo com dados da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Em 1999 foi concedido o gerenciamento à iniciativa privada, que não cumpriu parte fundamental do processo. De 2002 a 2005, o aterro sanitário foi melhor estruturado e passou sob gestão das várias empresas. 

 

A partir de 2009 o contrato com a então gerenciadora dos resíduos terminou e a operação foi reassumida pela prefeitura. Em nota, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos destacou que o certame foi reaberto no dia 1º de outubro. A concorrência estava suspensa para ajustes técnicos no edital. Após esse processo, a fase de apresentação de propostas foi realizada na sexta-feira.

 

“Nesta etapa, a empresa Única Construtora e Incorporadora Ltda realmente apresentou o menor preço. Todavia, o pregão presencial ainda não foi finalizado. Neste momento, ele passa pela fase de recursos e a previsão é de que seja concluído até sexta-feira (18)”, destaca o município. (Reportagem de Aline Almeida)

VÍDEO

r
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
LEITE R$/l 1,09
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet