icon Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

CIDADES - A | + A

CONSUMO 17.04.2019 | 10h:32

Concessionária inicia troca de hidrômetros e fortalece sistema de abastecimento em Cuiabá

Região do Pedra 90 é primeira a receber as equipes da companhia neste mês

Por: O Bom da Notícia

Assessoria

Assessoria

Você sabe qual é a vida útil de um aparelho celular? E de uma TV ou uma geladeira? É inevitável que aparelhos apresentem desgastes em peças, reduzindo sua performance devido ao passar do tempo. Com um hidrômetro, isso não é diferente. Em Cuiabá, a concessionária de serviços de saneamento está efetuando a troca desses equipamentos que aferem o real consumo de água. O objetivo é garantir o registro correto do consumo e a cobrança justa na conta paga pelo consumidor. Com aproximadamente oito mil ligações, a região do grande Pedra 90, que incluem seis bairros, é a primeira a receber as instalações de 2040 novos medidores, durante todo o mês de abril.

 

A ação de troca de hidrômetros obedece a um cronograma de instalações da concessionária e é realizada por profissionais da companhia, após análise individualizada de cada unidade consumidora. No período que antecede a instalação em sua unidade consumidora, o morador é comunicado via SMS. Entretanto, antes da realização dos serviços, funcionários da companhia conversam com o morador sobre a instalação, quando o mesmo se encontra na residência. Os investimentos para as trocas que se fazem necessárias já está contemplado na tarifa de água e esgoto praticada na cidade e, por isso, não há qualquer desembolso extra por parte do cliente.

 

A ação é uma medida técnica necessária para manter a assertividade na aferição do consumo de cada unidade e visa preservar e garantir a qualidade dos serviços, representando segurança para a comunidade e para a concessionária. A troca dos aparelhos está prevista, legalmente, no contrato de concessão dos serviços de saneamento no município. Também atende ao que determina a portaria do Inmetro n° 246 de 2000 referente ao Regulamento Técnico Metrológico (RTM).

 

“No Brasil há a tendência é realizar a troca baseado na idade do aparelho. Na concessionária, as análises incluem também características operacionais, tal como a faixa de consumo do cliente, que seguindo as normas do Inmetro, colaboram com a estruturação de um plano de ação estabelecendo as prioridades em todo o município”, afirma o gerente operacional da Águas Cuiabá, Paulo Mário Cardoso.

 

Após o encerramento das instalações no Pedra 90, Residencial Sonho Meu, Residencial Avelino Lima Barros, Voluntários da Pátria, Parque Nova Esperança I e Jardim Industriário I, a concessionária seguirá um calendário de ações por várias regiões na capital. Para os meses de maio e junho, estão inclusos na rota dos serviços os bairros CPA III, CPA IV, Jardim Brasil, Jardim Industriário, Paiaguás, Três Lagoas, Lixeira, Baú, entre outros. A companhia observa que, neste segundo semestre, novos bairros entrarão no cronograma e que a troca de hidrômetro somará 20 mil novos aparelhos medidores, até o final do ano. 

 

A troca de aparelhos é realizada de acordo com o consumo médio de cada unidade. Isso porque, tecnicamente, há diferentes tipos de hidrômetros, cada um adequado para determinada faixa de consumo. Em virtude disso, uma unidade consumidora com uma demanda de água habitualmente elevada terá instalado um modelo de medidor diferente das unidades que apresentam o consumo mínimo. “A comunidade pode ficar tranquila. As pequenas alterações não representam erros de leitura. Na verdade, elas significam sua correção. Em caso de dúvidas a companhia está à disposição para responder quaisquer questionamentos via canal de atendimento ao cliente, o 0800 646 6115, ou em algumas das lojas de atendimento”, esclarece o gerente operacional.

 

Sobre a Águas Cuiabá - A Águas Cuiabá assumiu o serviço de água e esgoto da Capital em 2017, com a responsabilidade de atender a uma população de 580 mil pessoas. Desde então, trabalhou e investiu para o aumento do tratamento da água entregue ao cliente. Em conjunto com os Poderes elaborou projetos para atender cada vez mais cidadãos com os nossos serviços. Em razão das características de nossas atividades, também mantemos profunda inserção na vida das comunidades, onde desenvolvemos ações e programas que ajudam a elevar a conscientização socioambiental, alcançando milhares de pessoas.

 

Sobre a Iguá – A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações, que, somadas, beneficiam cerca de 6,6 milhões de pessoas. O alcance da prestação de serviços coloca a companhia entre os principais operadores privados do setor de saneamento no país. O nome Iguá é uma referência direta ao universo de atuação da companhia: em tupi-guarani, “ig” que dizer água. (Assessoria)

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:





















PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 20/05/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO




icon COTAÇÕES MT
Soja Disponível R$/sc 57,00
Algodão R$/@ 90,09
Milho Disponível R$/sc 21,70
Boi a Vista R$/@ 135,00
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet