icon Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

CIDADES - A | + A

SEM PREVISÃO DE CHUVA 10.09.2019 | 14h:51

Defesa Civil alerta sobre risco de morte por onda de calor no Estado

Por: Wellyngton Souza - O Bom da Notícia

WhatsApp Image 2019-09-10 at 14.27.37.jpeg

 

A Defesa Civil por meio do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou nesta terça-feira (10), um alerta de onda de calor em Mato Grosso, com início a partir de hoje até esta quarta-feira (11).

 

Ainda segundo comunicado enviado para usuários de smartphone, a região registrou temperaturas de 5º C acima da média. 

 

Com alta temperatura dos últimos dias, o alerta é classificado como Grande Perigo, trazendo sérios risco à saúde como hipertermia, que trata-se da elevação da temperatura do corpo que ocorre quando o organismo produz ou absorve mais calor do que consegue dissipar.

 

Constitui uma emergência médica que requer tratamento imediato para evitar complicações, inclusive a morte. Mas é importante, contudo, não confundir o caso com febre. 

 

O alerta tem validade até as 10h de quarta-feira e, de acordo com o Inmet, o alerta é emitido porque há 5 dias os municípios vem registrando temperaturas acima da média. Além de Cuiabá, receberam o alerta as cidades de Acorizal, Alto Paraguai, Arenápolis, Barão De Melgaço, Barra Do Bugres, Cáceres, Campo Verde, Chapada Dos Guimarães, Cuiabá, Denise, Diamantino, Dom Aquino, Itiquira, Jaciara, Jangada, Juscimeira, Nobres, Nortelândia, Nossa Senhora do Livramento, Nova Brasilândia, Pedra Preta, Poconé, Porto Estrela, Rondonópolis, Rosário Oeste, Santo Antônio do Leverger, São Pedro da Cipa e Várzea Grande.

 

Com aumento da temperatura e baixa umidade relativa do ar, os mato-grossenses ainda enfrentam problemas gravíssimos por conta das queimadas no cerrado e na região central da cidade em terrenos baldios e construções públicas. 

 

Queimadas 

 

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Mato Grosso lidera o ranking de focos de calor, em todo país, com 18.399 registros. O Brasil registrou, neste ano, 98 mil focos de queimadas. Ainda de acordo com relatório divulgado na sexta-feira (6), nos últimos sete dias foram registrados 1,9 mil focos no estado. No acumulado do ano os focos de calor subiram 74%, se comparado ao mesmo período do ano passado. 

 

O governador Mauro Mendes assinou, nesta segunda-feira (9), o decreto de situação de emergência no âmbito do Estado, em decorrência dos incêndios florestais.

 

A motivação para decretar a situação é pelo aumento no número de queimadas e pelas condições climáticas propiciarem a propagação do fogo. Além disso, para os próximos 20 dias, não há previsão de chuvas para Mato Grosso, conforme informações do Instituto Nacional de Meteorologia. 

 

Temperatura

 

Hoje os ponteiros registram mínima de 21° e máxima de 38°, com probabilidade de chuva em 5%. A semana promete ser ainda mais quente quando os ponteiros devem alcançar a casa dos 40 graus a partir desta quarta-feira (11), podendo chegar a sensação térmica a 46 graus e oscila até a próxima segunda-feira (16), quando o termômetro ainda pode subir mais.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Patrícia - 10/09/2019

Que matéria bem escrita e explicativa, parabéns Wellyngton.

1 comentários

1 de 1

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS

INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
LEITE R$/l 1,09
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet