icon Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

CIDADES - A | + A

VÍDEOS E FOTOS SOBRE MT 15.08.2019 | 09h:20

Globo mostra professores pedindo dinheiro em semáforo e escola improvisada em estábulo

Por: Marcio Camilo - O Bom da Notícia

Mato Grosso foi destaque nacional na noite desta quarta-feira (14) no programa Profissão Repórter, da Rede Globo, que mostrou a greve dos professores e a precariedade do ensino público no Estado, com escolas abandonadas e salas improvisadas em galpão e estábulo. 

Reprodução Globo

escolas mt

Professores pede esmola em sinaleiro da região da Avenida do CPA, em Cuiabá


A reportagem especial teve enfoque na falta de infraestrutura das unidades escolares nos estados de Mato Grosso e Rondônia. No último dia 5 de agosto, O Bom da Notícia  informou que a equipe do programa já estava há três semanas no Estado coletando material para fazer a reportagem.

Em Mato Grosso, o Profissão Repórter mostrou professores pedindo dinheiro em semáforos pelo Centro de Cuiabá, devido à greve dos trabalhadores que durou 75 dias.

 

Grande parte teve os pontos cortados por conta da paralisação, passando dificuldades para comprar a alimentos e custear despesas como contas de água e luz.

“Esse dinheiro a gente junta tudo no final e compra um sacolão para os mais necessitados”, explicou para a repórter um dos professores que pedia a esmola para os motoristas.

O programa também mostrou os educadores acorrentados as grandes de um órgão público no Centro Político e Administrativo da Capital, como forma de protestarem contra o Governo.

Em Várzea Grande a reportagem mostrou o abando da Escola Estadual Arlete Maria da Silva que está com as obras de reforma paradas há mais de dois anos. As salas não possuem portas, nem janelas e nem tetos. Os 200 alunos da unidade estudam em quatro salas improvisadas de tapumes, que ficam nos fundos da escola.

Ainda em Várzea Grande, a caixa d’água da Escola Estadual José Mendes Martins  está toda enferrugada e ameaçar cair. "É bom frisar que o laudo da vigilância já condenou a caixad'água. Ela está interditada e foi declarada imprópria para o consumo. É a única água que escola tem para atender essa quantidade de alunos", destacou a diretora do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep - VG), Cida Cortez. 

Os estudantes que foram ouvidos pela reportagem também disseram que quando chove "nem tem condições de ficar na sala, pois alaga tudo e faz goteiras".


Já em Água Branca, a 300 quilômetros de Cuiába, uma comunidade rural adaptou um antigo estábulo e o transformou em escola.

"Um aluno estudando em uma sala com 50 e poucos graus na cabeça, toda hora ele tem que tomar água, tem que sair da sala de aula, ele precisa de algo”, desabou durante a entrevista professora Maria Antônia do Nascimento.

Outro lado

Em conversa com a equipe do Profissão Repórter, a secretária de Educação do Mato Grosso Marioneide Angélica Kliemachewsk disse que existe uma recomendação do Ministério Público para que os salários dos professores não recebam um aumento.

"Nós tivemos um total de oito reivindicações dos professores, e seis foram atendidas. Existe também uma recomendação do Ministério Público que não se dê aumento neste momento, enquanto não sanar as contas públicas do Estado do Mato Grosso", explicou.

Depois de 74 dias em greve, o sindicato dos professores e o governo de Mato Grosso entraram em um acordo. As aulas foram retomadas nesta quarta-feira (14).

 

A paralisação realizada desde 27 de maio, com término no último dia 9 de agosto, totalizando 74 dias parados, foi considerada uma das mais longas da história. Ainda que tenham voltado, de fato, para as salas de aulas somente nesta quarta-feira (13). A última paralisação foi em 2016 e durou 67 dias.


Os professores deflagraram a greve geral para reivindicar a integralização do 7,69% da lei da dobra do poder de compras até a próxima data base; compromisso aos percentuais que vencerão durante a gestão do governador Mauro Mendes da LC 510/2013; e, suspensão imediata do corte de pontos e a restituição dos valores descontados em razão da greve.


Veja os vídeos 

 

 

 

 


Veja mais
AQUI

 

GALERIA DE FOTOS

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
LEITE R$/l 1,09
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet