icon Quarta-feira, 17 de Julho de 2019

ESPORTES - A | + A

MÃO DE ONÇA 04.12.2018 | 09h:17

História da Bola - A morte de um ídolo do futebol mato-grossense

Por: Orlando Antunes

Divulgação

Divulgação

Sob as traves, o cearense grandalhão de pernas arqueadas e longas era quase imbatível. Seu bom posicionamento e a estatura, dificultavam o trabalho dos atacantes. 

 

Tal qual fazem os jogadores do vôlei, as luvas de Mão de Onça Sua também pegavam a bola como se gradassem, "abocanhando" a redonda. Todos os conheciam por Mão de Onça.   

 

Nascido em 1948, neste ano completaria 70 anos, João Ferreira Ramos deixou o cariri cearense ainda garoto e nem sonhava se tornar goleiro. Desengonçado, com as pernas longas, ia sempre para o gol nas peladas até a adolescência, em São Paulo. 

 

De São Paulo, depois de atuar pelo Juventus (SP), da Rua Javari, já nos anos 80, o Mão de Onça, apelido homônimo e dois ex-goleiros dos anos 30 e 40, o Mão de Onça chegou a Campo Grande, onde atuou pelo Dourados (MS), depois Coritiba e Londrina (PR) e chegou a Mato Gross, jogando e conquistando títulos pelo Operário-VG.   

 

Mas, pelo alta performance e considerado o melhor goleiro do Centro Oeste e um dos melhores do Brasil, ficou em Mato Grosso, rejeitando vários convites de clubes grande. Passou pelo Comercial, pelo Mixto e Dom Bosco, até entrar em decadência.  

 

Abandonado pelos colegas e pelos que considerava amigos, enveredou na bebida tornando-se morador de rua e alcoólatra, vindo morara nas dependência s do fundo da sede do Operário-VG onde foi ídolo.   Internado várias vezes, com diabetes e cirrose hepática o ex-goleiro João Ferreira - o Mão de Onça, estava entregue ao alcoolismo e já sofria de distúrbios mentais, provocados pelo álcool. 

 

Depois de se recuperar, trabalhando como roupeiro do Operário, onde jogou grande parte de sua carreira, além de Dom Bosco, Londrina, entre outras grandes equipes do futebol brasileiro, o ex-atleta voltou a beber e terminou falecendo em maio do ano passado (2017) em  Cuiabá, aos 63 anos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 16/07/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
Algodão R$/@ 90,09
Soja Disponível R$/sc 57,00
Boi a Vista R$/@ 135,00
Milho Disponível R$/sc 21,70
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet