Igreja Batista Getsemâni

Apoiadores de Bolsonaro retornam às ruas para defender Moro

Rafael Machado - O Bom da Notícia

Facebook/Direita MT

Facebook/Direita MT

Os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) retornarão às ruas para manifestar apoio às pautas prioritárias do governo. O protesto está previsto para próximo domingo (30), às 15h, no Monumento Ulisses Guimarães, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA), em Cuiabá.

 

O ato servirá para apoiar o ministro de Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro que está no centro das discussões, após reportagens publicadas pelo site The Intercept Brasil, que mostrou prints de mensagens trocadas entre ele e o procurador Deltan Dallagnol, quando Moro era ainda o juiz responsável pela Operação Lava Jato.

Divulgação

Manifestação pró-Bolsonaro

 

Na pauta da manifestação está a Reforma da Previdência que atualmente está em tramitação no Congresso Nacional. A proposta promove uma série de mudanças no sistema previdenciário, entre eles, a alteração da idade mínima de 62 anos para as mulheres e 65 anos para os homens e o tempo mínimo de contribuição de 20 anos.

 

Segundo parlamentares da base de apoio do Bolsonaro, as mudanças são necessárias para estabilidade das maquinas públicas.

 

Estão na lista de defesa, o pacote anticrime do ministro Sérgio Moro, operação Lava Jato, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) Lava Toga, direito ao posse de arma. Ao apoiadores aproveitaram o ato para protestar contra a ideologia de gênero a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Bengala.

 

O ativista e coordenador da Direita Mato Grosso, Rafael Yonekubo, disse que está programado um minuto de silêncio em homenagem a Rhuan Maycon, de 9 anos, que foi esquartejado pela própria mãe e madrasta, no Distrito Federal.

 

Além de Cuiabá, os protesto ocorrerão em Tangará da Serra, Sorriso, Primavera do Leste e Rondonópolis.


Fonte: O Bom da Noticia

Visite o website: http://www.obomdanoticia.com.br