icon Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

POLÍCIA - A | + A

FEMINICÍDIO 11.10.2019 | 14h:50

Acusado de matar esposa agredida é preso e se diz inocente

Por: O Bom da Notícia

Arquivo da Família

Arquivo da Família

Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (11), Ronaldo Rosa, 32, acusado de matar a esposa agredida, a enfermeira Zuilda Rodrigues, 43, em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). O comparsa dele no crime, policial afastado Marcos Vinícius Pereira Ricardi, está preso desde a terça-feira (8) e confessou o crime.

 

À imprensa, o suspeito afirmou que é inocente. Além disso, se manteve calado durante interrogatório. Conforme as investigações, uma triagem da equipe de inteligência mapeou todas as pessoas com quem ele tinha um relacionamento e chegaram até uma casa no bairro Camping Clube.

  

 

O delegado Carlos Eduardo Martins, que investiga o caso, afirmou que foram mais de 10 horas de monitoramento. “Os investigadores começaram a monitorar o local na noite de quinta-feira (10), mas só na manhã de sexta conseguiram comprovar que ele estava no local e foi cumprido o mandado de prisão expedido pela Justiça desde o dia em que seu comparsa também foi preso”. 

 

Delegado afirmou ainda que ele vai responder por feminicídio e ocultação de cadáver. “Ficou claro que a vítima só morreu pela sua condição de mulher. Além disso, não há nenhuma dúvida da autoria do crime e durante o depoimento, ele ficou em silêncio, dando valor ao que foi dito pelo Marcos Vinícius”. 

 

A motivação do crime ainda é investigada, apesar de já ter indícios com base na confissão do soldado da PM preso. Segundo ele, Ronaldo relatou que o relacionamento não estava bom, e que eles estavam tendo muitas discussões.

 

Crime  

Desaparecida desde 27 de setembro, o corpo de Zuilda só foi encontrado na terça-feira (8), dentro de uma região de mata. Investigações apontaram que Ronaldo armou o crime com a ajuda de Marcos Vinícius. O ato foi confirmado pelo soldado da PM, que está afastado respondendo um processo administrativo.

 

Ele foi preso e, em depoimento, contou passo a passo do plano de Ronaldo, bem como o que aconteceu na noite do dia 27. O objetivo do crime era “dar um susto” na enfermeira, fugiram um assalto, que resultou em agressões. O caso saiu de controle e ela morreu após ser espancada dentro do carro, onde foram encontrados sangue e cabelos.

 

O corpo foi abandonado dentro de um poço próximo à pista de treinamento de motocross. Devido às chuvas, foi empurrado por mais de 1 km dentro de um canal, sendo encontrado em um córrego. 

 

Devido a violência com que o corpo foi arrastado pela água, já estava sem cabeça e sem um dos braços. O caso chocou a cidade. Justiça já decretou a prisão de Ronaldo, que será encaminhado para audiência de custódia ainda nesta sexta.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
LEITE R$/l 1,09
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet