icon Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

POLÍCIA - A | + A

EM CUIABÁ 09.09.2019 | 14h:42

Agentes encontram 35 celulares em rede de esgoto da PCE

Por: Wellyngton Souza - O Bom da Notícia

Reprodução

Reprodução

Uma varredura dos agentes penitenciários na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, na madrugada desta segunda-feira (9), encontrou 35 celulares escondidos na rede de esgoto da unidade prisional.

 

Além dos aparelhos, fones de ouvidos e carregadores foram encontrados. Desde o dia 13 de agosto, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT) vem realizando uma operação pente-fino na penitenciária.

 

Cerca de 70% das celas já foram vistoriadas na operação. A PCE tem capacidade para pouco mais de 800 presos e abriga cerca de 2,1 mil presidiários.

 

Na semana passada, uma rede de energia elétrica clandestina também foi flagrada. Segundo os agentes penitenciários, os presos puxaram uma extensão com fios de um ventilador que fica fora das celas. Após a descoberta do 'gato', celulares e outros aparelhos eletrônicos foram achados nas celas.

 

A operação revistou a carceragem, os raios e celas da unidade prisional. Foram verificadas também as condições estruturais da área da carceragem e feita a retirada de produtos que estão em 'desconformidade com as regras do sistema penitenciário'.

 

O objetivo, de acordo com a Sesp, foi fortalecer as ações de enfrentamento a crimes que possam ser cometidos dentro da unidade penal.

Durante a semana foram suspensas as visitas aos presos, assim como o atendimento a advogados e defensores públicos. Apenas as escoltas emergenciais, em caso de saúde, serão realizadas.

 

Em nota, o Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT) declarou que a operação é um pedido dos servidores do sistema penitenciário tendo em vista o crescimento do crime organizado dentro de unidades penais.

 

"A operação tem como foco diminuir as regalias dentro dos presídios e restringir a quantidade de produtos dentro das unidades prisionais, ou seja, a quantidade de materiais em excesso que gera superlotação no ambiente", comentou o sindicato.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
LEITE R$/l 1,09
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet