icon Sábado, 21 de Setembro de 2019

POLÍCIA - A | + A

DESCOBERTA DE UMA AMANTE 21.08.2019 | 10h:11

Após 37 anos, homem confessa a filhos ter assassinado esposa; crime já está prescrito

Por: Rafael Medeiros

Cenário/MT

Cenário/MT

Após quase 40 anos, filhos descobrem que mãe foi morta pelo pai. Ao todo, seis irmãos, desconfiados sobre como teria morrido a mãe, iniciaram uma investigação por conta própria e procuraram a Delegacia da Polícia Civil, em Lucas do Rio Verde (a 360 km de Cuiabá), nesta terça-feira (20) denunciando, que o pai teria assassinado a mãe, no interior do município de Quilombo, em Santa Catarina, há 37 anos. 

 

O pai confessou e detalhou o assassinato à família. Revelando que a teria matado após a esposa pedir divórcio, ao descobrir que ele tinha caso com a empregada da família. De acordo com a família, Pierina Carroro foi morta no dia 25 de janeiro de 1982. O assassino tem 78 anos e mora com a mulher do segundo casamento em Lucas do Rio Verde. Durante todos esses anos ele dizia aos filhos que a mulher tinha sido assassinada em um assalto. 

 

Segundo a Polícia Civil, os filhos nunca aceitaram a versão do pai e começaram uma investigação nos últimos meses, após um caso semelhante ser veiculado na mídia. Eles conversaram com autoridades policiais que investigaram o caso na época, além de enfermeiras e outras testemunhas.

 

Os seis filhos juntaram documentos, declarações e informações e entregaram ao delegado Daniel Nery. Eles prestaram depoimento por três horas e registraram um boletim de ocorrência.

 

O delegado informou  que, infelizmente, conforme legislação, mesmo tratando-se de um homicídio, porém o crime já estaria prescrito, principalmente porque ainda não houve ocultação de cadáver. 

 

O crime 

 

O marido planejou uma viagem sozinho com a mulher até a cidade de São Carlos (SC). No trajeto, o marido simulou que o pneu do carro havia furado. Parou o carro, pegou uma pedra a acertou a cabeça da mulher. Depois arrastou o corpo da vítima até uma sarjeta, atirou no peito dela e a abandonou no local.

 

O marido, para sustentar a versão, jogou uma pedra no para-brisa e desde então sempre contava que a mulher havia sido assassinada em um assalto nessa viagem. No sábado (18), os seis irmãos se reuniram em Lucas do Rio Verde e indagaram o pai sobre o crime. Na frente dos filhos, ele confessou e detalhou o crime. 

 

“Ele confessou três vezes sem derramar uma lágrima. Ficamos aliviados, só queríamos a verdade e esclarecer o que aconteceu. Não tem justiça que pague”, relata um dos filhos no B.O.

 

O inquérito será encaminhado para a Polícia Civil de Santa Catarina.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS

INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
LEITE R$/l 1,09
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet