icon Terça-feira, 16 de Julho de 2019

POLÍCIA - A | + A

POLÍCIA INVESTIGA 13.06.2019 | 15h:44

Militares resgatam corpo de jovem que se matou no Portão do Inferno

Por: Rafael Medeiros - O Bom da Notícia

PM

PM

Policiais militares encontraram o corpo de Victor Hugo Fernandes, 26 anos, no início da tarde desta quinta-feira (13), no Portão do Inferno, às margens da MT-251, entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães. A vítima seria um funcionário da concessionária Canopus, no Cristo Rei, em Várzea Grande.

 

As primeiras informações repassadas, dão conta que Vitor teria ido até o Portão do Inferno, já com a intenção de cometer suicídio, se jogando do precipício. 

 

O último contato dele com a mãe ocorreu na última quarta-feira (12), por volta das 15h. Vitor teria enviado uma mensagem à um amigo dizendo que iria "sumir". Após o envio da mensagem o celular dele permaneceu desligado e ninguém conseguiu outro contato.

 

Colegas de trabalho do jovem teriam relatado que ele teria desaparecido após pegar o carro da empresa.

 

Para retirar o corpo do precipício foi necessário o uso de um helicóptero e a atuação conjunta do Corpo de Bombeiros e do dos policiais do Centro Integrado de Operações Aéreas.

 

Auxílio 

 

Apesar de não ser uma opção de tratamento, as pessoas que estiverem com problemas emocionais podem procurar o Centro de Valorização da Vida (CVV), que realiza apoio emocional e prevenção ao suicídio. Os atendimentos são realizados por voluntários de forma gratuita.  

 

As pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, podem entrar em contato por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias. Você pode conversar com um voluntário do CVV ligando 188 ou, em Cuiabá, também há a opção pelo número (65) 3321-4111. 

 

Os dois canais funcionam 24 horas.

 

GALERIA DE FOTOS

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Rita - 14/06/2019

Alguém já morreu aí muitos ou poucos

CVV - 14/06/2019

O CVV presta serviço voluntário e gratuito de prevenção do suicídio e apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. Os cerca de 3 milhões de atendimentos anuais são realizados por 3.000 voluntários em 104 postos de atendimento apenas pelo telefone 188 (sem custo de ligação), ou pelo www.cvv.org.br. Conta, ainda, com um Grupo de Apoio a Sobreviventes do Suicídio - GASS organizado pelo CVV. A iniciativa segue o modelo de grupos abertos e gratuitos com a finalidade de apoiar emocionalmente pessoas que perderam parentes ou amigos próximos para o suicídio ou, ainda, que tentaram tirar a própria vida. Locais e horários em Cuiabá Grupo de Apoio a Sobreviventes do Suicídio – CVV GASS Rua Comandante Costa, 296 – Centros Reuniões todas as quintas-feiras às 19h30.

2 comentários

1 de 1

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 16/07/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
Algodão R$/@ 90,09
Soja Disponível R$/sc 57,00
Boi a Vista R$/@ 135,00
Milho Disponível R$/sc 21,70
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet