icon Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

POLÍCIA - A | + A

'UMA DOSE DE AMOR' 20.08.2019 | 10h:11

Mulher é presa após planejar morte do marido para viver com ex e receber seguro

Por: O Bom da Notícia

PJC

PJC

Equipes da Polícia Civil de Sorriso (420 km de Cuiabá) cumpriram dois mandados de prisão contra um casal investigado pelo crime de homicídio. Os suspeitos, ele: Sidnei Vicente Verginio, 26 anos, e ela: Thaynara Carolyne Delneiro de Moraes, 21 anos, tiveram mandados de prisão temporária (30 dias) decretados no inquérito policial que apura o assassinato de Mário Felipe Guaberto Abreu, 28 anos, ocorrido no dia 22 de março, no bairro Jardim América, em Sorriso.

 

Uma testemunha também foi conduzida coercitivamente até a Delegacia para prestar esclarecimentos sobre os fatos.

 

Os trabalhos, sob a coordenação da Divisão de Homicídios da Delegacia de Sorriso, e presididos pelo delegado Nilson Faria de Oliveira, constatou a participação do casal no crime. Segundo a apuração, Thaynara à época do crime, era convivente da vítima Mário Felipe Guaberto. Ela morava há cerca de 2 meses com a vítima que foi assassinada a tiros, mas tinha relacionamento de cerca de 7 meses.

 

O segundo suspeito, Sidnei Vicente é ex-companheiro da moça, com quem conviveu por mais de 5 anos e possuem um filho de 2 anos do relacionamento. No curso da investigação, a Polícia apurou tratar-se de crime motivado por questões de ciúmes da moça e também com o filho deles, pois a vítima (Mário) queria que a criança também morasse com eles, já que o menino vivia com o pai (Sidnei), que é suspeito de ter matado a vítima por ciúmes da ex-mulher e do filho.

 

Outro ponto, segundo a investigação, é o fato do suspeito também não aceitar o fim do relacionamento da moça com a vítima.

 

A Polícia Civil apura a informação, que surgiu por meio de uma testemunha ouvida nos autos, que 24 horas antes do crime, a vítima tinha sido ameaçada pelo suspeito na presença da jovem, sua ex-mulher.

 

Por esse fato e outros omitidos no curso da investigação, a jovem também teve a prisão representada pela Polícia Civil, com o objetivo de  esclarecer pontos ainda obscuros na investigação, como possível interesse patrimonial em relação a vítima, que era empregado de uma empresa cerealista e tinha seguro de vida.

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS

INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
LEITE R$/l 1,09
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet