icon Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

POLÍCIA - A | + A

'CAÇA INICIOU' 04.07.2019 | 12h:20

Preso homem que matou servidora pública com um tiro na boca; dois estão sendo procurados

Por: Rafael Medeiros - O Bom da Notícia

PJC

e

 

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf-VG), conseguiu prender na noite nesta quarta-feira (3), André Luiz Gomes, 20 anos, conhecido por “Neguinho”, o executor da servidora pública Sandra Regina de Siqueira Travaina, 48 anos, vítima de latrocínio - roubo seguido de morte - na última segunda-feira (1), em Várzea Grande. 

 

André já confessou o crime na delegacia. "Eu matei e vou cumprir com o que eu fiz", disse o bandido. 

 

Segundo a delegada Elaine Fernandes, titular da Derf, os outros dois bandidos já foram identificados e estão sendo procurados. Trata-se de Maikon Douglas Alves dos Santos e Jordão Rodrigues Neto. Maikon tem quatro registros criminais por roubos e furtos. Em novembro de 2018, foi preso por arrombamento de caixa eletrônico em Pedra Preta, a243 km de Cuiabá. Já Jordão Rodrigues Neto é condenado por tráfico de drogas e está em liberdade com uso de tornozeleira.

 

De acordo com a delegada Elaine Fernandes, o latrocínio é a hipótese mais provável, quando analisada a forma de atuação dos criminosos. Mas todas as possibilidades serão investigadas, já que os bandidos estavam escondidos em um imóvel vazio desde às 18h30 do dia da execução. 

 

No período de caça aos criminosos, a delegada chegou a adiantar à reportagem, que os bandidos já haviam sido identificados e prometeu que seriam presos nos próximos dias. "A caça já iniciou". 

 

"Pedimos agora ajuda da população para prender os outros dois envolvidos. Os bandidos usavam tornozeleira eletrônica, porém, descarregada", disse a delegada 

 

No interrogatório, André afirmou que Maikon Douglas planejou e coordenou o assalto. Segundo o suspeito, o grupo tinha informações de que na casa da servidora tinha dinheiro e joias. Ele afirmou que a intenção era apenas roubar e disse que só atirou porque ela buzinou, alertando o marido que estava dentro do imóvel. A Polícia Civil também apurou que o grupo sabia da rotina da família e ficou aguardando a oportunidade de enquadrar as vítimas, dentro de uma casa desocupada, que fica em frente a residência da vítima. Primeiro, eles iam abordar o marido da vítima, mas havia um motociclista na rua e não quiseram despertar atenção. Então decidiram aguardar a mulher, que naquele dia demorou muito chegar a casa.

 

A servidora pública Sandra Regina é a quinta vítima de latrocínio - roubo seguido de morte - só este ano, em Várzea Grande. A mulher que também foi ex-candidata a vereadora do município foi morta nesta segunda-feira (1), por um único disparo no rosto [entre a boca e o nariz], quando chegava em sua casa, no Bairro Nova Várzea Grande.

  

As polícias Militar e Civil divulgaram novas imagens que mostram os bandidos fungindo após o crime.  Nas imagens, os três suspeitos são vistos na rua da vítima, onde há uma grande movimentação de veículos. Em um momento do vídeo, um dos suspeitos coloca algo em uma pilha de areia.

 

Polícia Civil

Ajude a Polícia Civil a localizar os outros dois bandidos que estão foragidos; ligue 197.

 

Outros latrocínios

 

Outro latrocínio registrado em Várzea Grande, foi na manhã do domingo [10 de junho] o policial civil aposentado Antônio Bueno de Godoi, 65 anos, o “Gaúcho”, foi morto por volta das 10h, quando descia de seu veículo ao chegar em casa, no bairro Cristo Rei. Ele se deparou com os criminosos que já estavam dentro de sua casa e alvejado por um tiro no tórax. Três acusados do crime foram presos.

 

Nove dias depois, o vigilante Lademir Ângelo Nogueira, 60 anos, foi assassinado no pátio de um posto de combustível, às margens da rodovia dos Imigrantes, na região do Formigueiro. O corpo apresentava sinais de espancamento e câmeras de segurança apontam que pelo menos duas pessoas invadiram os barracões que eram vigiados pela vítima. A suspeita é que Lademir, que morava cerca de 100 metros do local, foi verificar o que acontecia e surpreendeu os ladrões.

 

No dia 20 de março o motorista de aplicativo Anderson Marcelo Lopes Caldeira, 28, foi atingido por um disparo na cabeça durante tentativa de roubo de seu veículo. O crime ocorreu por volta das 10h30, em uma região de lixão, no bairro Serra Dourada. Três envolvidos no crime foram presos após investigação, todos atuantes em associação criminosa especializada no roubo de veículos que tinham como destino a fronteira com a Bolívia.

 

A primeira vítima de latrocínio do ano foi o funcionário público Charles Willian Antônio dos Santos, 36, assassinado quando estava dentro de seu veículo, diante do Pronto-Socorro do município. O crime ocorreu por volta das 12h do dia 17 de janeiro. Este crime também foi praticado por dupla que queria roubar o veículo da vítima, que seria levado para a Bolívia. Um dos autores do crime, Lucas Silveira do Espirito Santo, 19, foi preso no dia 28 de fevereiro. Em depoimento admitiu que é ladrão de veículos e que ele e o cúmplice Leonardo Alexandre de Araújo Rodrigues foram até o local para praticar um roubo.

GALERIA DE FOTOS

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
Boi a Vista R$/@ 135,00
Soja Disponível R$/sc 57,00
Algodão R$/@ 90,09
Milho Disponível R$/sc 21,70
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet