icon Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

POLÍCIA - A | + A

'CADEIA NELE' 25.04.2019 | 15h:13

Professor da UFMT volta a ser preso por crimes sexuais

PJC

PJC

A Polícia Civil de Chapada dos Guimarães (65 Km de Cuiabá) prendeu na quarta-feira (24) o aposentado Iracildo Batista Medeiros, 61 anos. Ele é suspeito de ter cometido crimes contra criança e adolescente no ano de 2009. Ele atuava como professor e músico da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

 

De acordo com a Polícia Civil, em 2009 Lau Medeiros, como é conhecido, foi preso em flagrante por manter vídeos e fotos de pornografia infantil. Quando ocorreu a prisão, os policiais suspeitavam que ele aparecia nas imagens em que os abusos aconteciam.Nesse processo, o professor ficou 42 dias preso e, logo depois, foi solto para responder o crime em liberdade. 

 

No entanto, ele foi novamente preso na quarta-feira, por força de mandado de prisão por condenação. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça em um processo que tramita em Cuiabá. Porém, a prisão de Lau aconteceu na cidade de Chapada dos Guimarães.Depois da prisão, Iracildo aguarda ser transferido para um presídio de Cuiabá. 

 

Até a publicação da matéria, a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) não havia informado para qual presídio ele seria encaminhado. Conforme o Tribunal de Justiça, os processos por crimes sexuais envolvendo crianças tramitam sob segredo de Justiça. (Informações HNT)

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet