icon Domingo, 08 de Dezembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

FILIAÇÃO NO SENADO FEDERAL 18.09.2019 | 16h:45

Ao dar boas vindas à Selma e defender mandato, Medeiros diz que 'todo mundo fez pré-campanha'

Por: Marisa Batalha - O Bom da Notícia

(Foto: Ilustração)

medeiros-filiação- selma.jpg

 

A senadora por Mato Grosso, Selma Arruda apontou a defesa acirrada do Podemos contra a corrupção, no Congresso Nacional, como ponto de partida para a sua filiação nesta quarta-feira (18), à sigla, realizada no Senado Federal. Ao lembrar que as posições da legenda em favor de CPIs como da Lava Jato e da Toga, se assemelham às lutas que ela realiza desde quando ainda era magistrada em Mato Grosso.

 

Ao reforçar que a corrupção vem produzindo situações como o desemprego ou fragilizando a criação de política públicas para áreas como saúde e educação. E, assim, que esta é uma bandeira que precisa ser mantida firme na Legislativo brasileiro.

 

Com sua entrada, a sigla assegura 11 senadores no Congresso Nacional. Após a entrada - também em setembro do senador do Distrito Federal, José Antônio Machado Reguffe -, consolidando a sigla como a segunda maior do Senado da República

Com sua entrada, o Podemos assegura 11 senadores no Congresso, após a filiação - também em setembro do senador do Distrito Federal, José Antônio Machado Reguffe -, consolidando o partido como o segundo maior do Senado da República. Superando a bancada do Partido Social Democrático (PSD), que tem nove congressistas.

 

Enviando um recado direto aos que querem ver o mandato de Selma definitivamente cassado, o deputado federal José Medeiros, presidente do partido em Mato Grosso, e principal articulador da migração da senadora do PSL ao Podemos, revelou que mesmo haja muitos 'de olho na vaga da parlamentar', que responde a um processo no Tribunal Superior Eleitoral, que “tirem o cavalo da chuva, pois ela ficará até o ultimo dia de seu mandato", ao ressaltar sua confiança na permanência de Arruda no cargo.

 

Em abril deste ano a juiza aposentada e atual senadora foi cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso e, igualmente, seu suplentes, Gilberto Possamai, sob o argumento de omitirem da Justiça Eleitoral despesas de R$ 1,2 milhão na campanha de 2018, configurando caixa dois e abuso de poder econômico. Ela recorre da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no exercício do cargo. E agora, 10 de setembro, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge (10), defendeu que o Tribunal Superior Eleitoral mantenha cassação da congressista, proferida pelo Tribunal Regional.

 

Medeiros ainda apontou o elevado número de votos recebidos nas urnas pela juiza aposentada, na disputa em 2018, ao Senado da República [678 mil votos], para lembrar da luta que a senadora vem enfrentando para se manter na Senatória. Lembrando que as eleições em Mato Grosso foi 'uma verdadeira carnificina'. E que muita gente que não tinha voto queria tira-la do páreo. Depois da vitória vaticinaram que não tomaria posse. E agora, com a cassação no TRE-MT, as perseguições aumentaram, tornando maior o martírio de Selma em sua luta pela manutenção do mandato'.

 

"Selma não cometeu crime algum. Ganhou uma eleição histórica. Ela é a segunda mulher de Mato Grosso a ocupar este cargo.[...] A primeira foi Serys Slhessarenko - de 2003 a 2010[...]. Assim, seu crime foi ousar ficar contra as oligarguias e, isto, é um pecado que não passa impune no Estado. Agora, quem perdeu quer ganhar na mão grande".

 

Sendo ainda taxativo - ao dar as boas vindas à senadora ao seu partido -, que o crime que imputam a ela seria algo corriqueiro no Estado. "Ora, como se ninguém tivesse feito pré-campanha em Mato Grosso".

 

E ao citar a presença do vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro, na filiação em Brasília, e ainda como o futuro prefeito da capital mato-grossense, também revelou que já teria conversado com ele [Niuan] e com outros correligionários sobre como receber Selma Arruda em Mato Grosso. "Casa aberta, ar condicionado e tapete vermelho".

 

A filiação de Arruda foram avalizadas pela presidente nacional da legenda, Renata Abreu e pelo líder na Casa, o senador Álvaro Dias. De acordo com Abreu, o Podemos marca sua posição na luta contra a corrupção, com a entrada de uma magistrada que possui uma história que a credencia, ao lembrar de sua trajetória no Judiciário. Rememorando a coragem de Selma, por ter colocado atrás das grades, personalidades importantes em Mato Grosso. E ainda a maneira como vem se posicionando no Congresso, diante das perseguições ao seu mandato, por aqueles que não se conformaram com a decisão das urnas e das punições dadas por Selma quando juíza.

 

O senador Alvaro Dias assegurou, igualmente, que o partido cresce em qualidade no Senado, com a chegada de Selma ao Podemos. Para el, a entrada em cena de Selma, reforça a imagem do partido, qu vem se cristalizando como 'a sigla da vanguarda democrática no Senado. O partido do avanço,  se colocando como protagonista das grandes discussões, no Congresso". 

 

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
VACA GORDA À VISTA R$/@ 182,28
LEITE R$/l 1,08
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 79,87
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 78,75
BOI GORDO À VISTA R$/@ 195,11
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 4,62
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 29,90
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet