icon Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

POLÍTICA - A | + A

CORTES NA EDUCAÇÃO 05.09.2019 | 19h:40

Após ser vaiado em aeroporto, ministro atribui crise financeira na UFMT à administração de reitora

Por: Marcio Camilo - O Bom da Notícia

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, que esteve em Cuiabá, na tarde desta quinta-feira (05), atribuiu a crise financeira da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) à gestão da reitora Myrian Serra, e não ao contingenciamento do MEC, que congelou 30% dos recursos da instituição. Ao desembarcar no Aeroporto Marechal Rondon, o ministro foi recebido com protestos por comunidades acadêmicas que criticam os cortes do Governo Federal na educação.

 

O gestor ruim, você pode dar o dinheiro que for que vai ser um desastre

Também nesta quinta, a reitora da UFMT publicou um ofício circular sobre medidas de racionamento na universidade da energia elétrica, cortes em investimentos em aulas de campo, pesquisa e extensão, além de readequação de contratos de terceirizados nas áreas de limpeza e segurança pública.

 

Com isso, ela espera economizar até R$ 3, 5 milhões, pois não acredita que a liberação dos recursos, anunciada pelo MEC para ocorrer neste mês, será o suficiente para pagar as contas da instituição.

 

"O recurso vai ser liberado, agora, uma gestão ruim pode ter bilhões e vai terminar mau, como foi aqui, com a construção da Arena Pantanal que para mim foi um desperdício de dinheiro público. Então o gestor ruim, você pode dar o dinheiro que for que vai ser um desastre", criticou o ministro.

Weintraub destacou que, apesar do contingenciamento, não houve paralisação de nenhuma universidade pelo país. E acredita que a UFMT vai se estabilizar economicamente depois do descontingenciamento.

 

Também lembrou que o único caso de uma universidade ficar sem luz por seis hora ocorreu em Cuiabá, com a UFMT, "e nós, do MEC, que tivemos que intervir e pedir para a concessionária de luz religar".

 

O ministro enfatizou que Myrian precisa administrar melhor os recursos, já que a UFMT conta com um dos maiores orçamento do Estado.

"A universidade Federal de Mato Grosso é o terceiro maior orçamento do Estado. O primeiro é do Governo. O segundo é de Cuiabá. E essa senhora administra um orçamento bilionário. Não é pouco dinheiro que está na mão dela".

 

Weintraub veio para Cuiabá para anunciar investimentos de R$ 15 milhões do MEC na educação básica de Mato Grosso, nas áreas de creches, ônibus escolares, climatização e mobiliário de escolas da Capital, Várzea Grande e Lucas do Rio Verde. O evento com o ministro, que contou com a presença do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), ocorreu no Centro de Eventos do Pantanal.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
LEITE R$/l 1,09
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet