icon Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

POLÍTICA - A | + A

COTA PARLAMENTAR 08.05.2019 | 20h:01

Barbudo rebate deputada e diz que equipe dela é incompetente: "gaste o tanto que quiser"

Por: Rafael Machado - O Bom da Notícia

Gláucia Maria

Gláucia Maria

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) gravou um vídeo rebatendo à acusação de sua colega de parlamento, a petista Rosa Neide, de que teria gasto R$ 45 com chaveiro.

 

Na última terça-feira (7), a deputada publicou uma gravação na qual justificava seus gastos com a cota parlamentar, após ter circulado nas redes sociais uma publicação que comparava os consumos dos deputados com a cota parlamentar, nos últimos três meses. Ela ainda disse que ele havia pago R$ 45 em um chaveiro e que acionaria o deputado na Justiça.

 

Segundo o Portal da Transparência da Câmara Federal, do dia 1° de fevereiro até o dia 30 de abril, Rosa Neide usou mais de R$ 72 mil da verba e Barbudo utilizou R$ 10 mil, sendo o deputado mais econômico entre os oitos parlamentares de Mato Grosso.

 

Na gravação, Barbudo diz que enviou utilizou o dinheiro para comprar um carimbo de protocolo automático e não uma chave como foi publicado pela petista.

 

“Por favor, aqueles que publicaram que eu não tenho escritório em Cuiabá e que comprei uma chave, entre no Portal da Transparência e verão a incompetência da equipe da deputada Rosa Neide que me acusa de comprar uma chave por R$ 45. Eu nunca comprei chave, portanto, comprei um carimbo mais uma vez dando prova da lisura do meu mandato”, disse.

 

“Quando o que a senhora gastou, nunca acusei de ter gastado injustamente, gaste o tanto que quiser e eu gastarei o tanto que quiser. Não comprei chave, comprei carimbo, por favor corrija o seu vídeo deputada Rosa Neide”, pediu.

 

A cota parlamentar é um recurso utilizado pelos deputados para custeio das despesas de mandato, como passagens aéreas, conta de celular, serviço de táxi e estacionamento, entre outros.

 

Gastos

 

De 1° de fevereiro até o dia 30 de abril, os deputados federais mato-grossense consumiram R$ 335.761,46 com atividades parlamentares. A petista Rosa Neide lidera o ranking. Durante o período, ela usou mais de R$ 72 mil, sendo o maior gasto, desse montante, foi com emissão de bilhete aéreo com R$ 21 mil, locação ou fretamento de veículos automotores com R$ 12 mil e combustíveis e lubrificantes com R$ 12 mil.

 

O segundo na lista é o emedebista Juarez Costa que usou mais de R$ 66 mil da verba. Em seguida vem o deputado Neri Geller (PP) com R$ 62 mil.

 

Por último aparecem Carlos Bezerra (MDB), que atualmente está ausentado da Câmara, com R$ 14 mil, montante usado somente em fevereiro, e Nelson Barbudo (PSL) com R$ 10 mil.

 

Justificativa

 

Ao ‘O Bom da Notícia’, a deputada Rosa Neide explicou que suas despesas estão dentro de um planejamento feito no início de seu mandato e que nunca ultrapassou o teto de consumo permitido aos deputados do Estado, que é de R$ 39 mil por mês.

 

Veja os vídeos:

 

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
Boi a Vista R$/@ 135,00
Algodão R$/@ 90,09
Milho Disponível R$/sc 21,70
Soja Disponível R$/sc 57,00
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet