icon Domingo, 22 de Setembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

NO CONGRESSO 12.08.2019 | 09h:00

Bezerra e Barbudo são os deputados federais de MT mais faltosos em Brasília

Por: Marcio Camilo - O Bom da Notícia

Levantamento feito pelo site Congresso em Foco aponta que dos oito deputados federais de Mato Grosso, Carlos Bezerra (MDB) e Nelson Barbudo (PSL) foram os que mais faltaram às sessões deliberativas da Câmara Federal, durante o primeiro semestre deste ano.

 

De acordo com o Congresso em Foco, no primeiro semestre ocorreram 86 sessões deliberativas na Câmara, quando os parlamentares se reúnem para discutir e aprovar projetos de lei.

 

Os deputados federais recebem R$ 33, 7 mil e devem registrar presença nominal na Câmara em três dias da semana

Ao todo, Bezerra faltou 11 sessões, sendo 9 faltas justificadas. Vale lembrar que durante o primeiro semestre, o deputado passou por problemas de saúde e também teve que se afastar, em algumas oportunidades, para tratamento médico.

 

Já Barbudo deixou de comparecer às sessões em seis oportunidades, sendo quadro faltas não justificadas.

 

Dr. Leonardo (SD) e Neri Geller (PP) foram os parlamentares da bancada de Mato Grosso que mais bateram ponto em Brasília, com o comparecimento em 85 sessões, cada um.

 

O ranking segue com Emanuezinho (PTB), com 84 participações e duas faltas não justificadas; Juarez Costa (MDB), com 83 presenças e três faltas justificadas; Rosa Neide (PT), com 78 aparições e oito não justificadas; José Medeiros, com 77 presenças, sendo oito ausências e uma não justificada; e, por fim, Valtenir Pereira (MDB), que atuou em 59 sessões, com três faltas não justificadas. Vale lembrar que o número baixo de sessões de Valtenir se deve ao fato dele ser suplente e ter substituído Bezerra, durante um prazo determinado, em razão do colega ter tirado licença médica.

 

Os deputados federais recebem R$ 33, 7 mil e devem registrar presença nominal na Câmara em três dias da semana.

 

O levantamento do Congresso em Foco também mostra que dos 513 deputados, 459 deles levaram algum tipo de falta ao longo do primeiro semestre.

Das 3.879 ausências registradas nesse período, 2.859 foram justificadas por licenças médicas, missões autorizadas e decisões da Mesa Diretora.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS

INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
LEITE R$/l 1,09
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet