icon Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

QUEDA DE BRAÇO 12.11.2019 | 13h:00

Convites a prefeitos mostram queda de braço entre Mauro e Emanuel

Por: Marisa Batalha/O Bom da Notícia

Foto: Gilberto Leite

MAURO MENDES E EMANUEL PINHEIRO

 

Depois de desencontros de agenda e alguns ruídos na comunicação em eventos marcados, paralelamente, ao Encontro Municipalista que ocorre nos dias 18 e 19, na Capital, enfim, as assessorias do prefeito de Cuiabá, o emedebista Emanuel Pinheiro e do governador Mauro Mendes (DEM), colocaram fim à impasse, sobre horários de um jantar que está sendo oferecido pelo chefe do Executivo estadual, para 20 horas no Palácio Paiaguás, aos gestores mato-grossenses e a inauguração do novo HMC, às 18 horas.

 

Em meio à cerimônia sob o comando de Mauro e Virgínia Mendes e o evento do prefeito emedebista, há ainda uma agenda apertada a ser cumprida pelos municipalistas na capital, já que vão estar segunda e terça-feiras imersos em discussões, no auditório da Associação Mato-grossense dos Municípios.

Mauro e Pinheiro vêm trocando contínuas farpas desde a última campanha, quando Mendes ainda era candidato, na disputa à Governadoria do Estado. 'Recados trocados' que foram acirrados ainda mais após a vitória do gestor democrata

O evento da AMM deve reunir grande parte dos mais de 140 gestores de Mato Grosso, durante o encontro, que tem como tema “Prefeitos em Defesa dos Municípios Mato-grossenses”. O que possivelmente resultou na disputa de atenção dos municipalistas, pelos gestores da capital e do Estado. Transformando a situação em um verdadeiro 'cabo de guerra','ainda que de forma velada'.

 

O convite para o jantar do governador, de acordo com a assessoria de comunicação do Paiaguás, começou a ser distribuídos nesta última segunda-feira (11), elevando o tom dos comentários nos bastidores, de que Mendes estaria tentando esvaziar a solenidade comandada por Emanuel. A assessoria desmentiu, obviamente, ao apontar horários diferentes e, assim, que o jantar 'não guardaria qualquer relação com a inauguração do hospital'.

 

A queda de braço entre os gestores seria, no entanto, a prova incontestável da busca de ambos em garantir a atenção dos municipalistas. Mauro e Pinheiro vêm trocando contínuas farpas desde a última campanha, quando Mendes ainda era candidato, na disputa à Governadoria do Estado. 'Recados trocados' que foram acirrados ainda mais após a vitória do gestor democrata.

 

Recentemente, em conversa com jornalistas, o governador em mais um 'bate levou', ironizou as excessivas inaugurações do HMC, ao todo cinco etapas, já incluindo a entrega final da unidade, ao assegurar que não deverá comparecer ao evento.


No meio desta disputa, o presidente da AMM, o social democrata Neurilan Fraga, buscou colocar 'panos quentes' nesta pendenga. Ele afirmou que ao tomar conhecimento do jantar teria conversado com o prefeito de Cuiabá. Lembrando que, inicialmente, também haveria um evento social após a inauguração do HMC.

 

Mas, de acordo com Neurilan, Pinheiro não viu problema quanto ao jantar do governador, deixando os prefeitos à vontade'. Assim, deverá conversar com os gestores, ao mostrar a nova unidade hospitalar - Hospital Municípal Dr. Leony Alma de Carvalho -, para explicar aos municipalistas sobre a necessidade de seguir algumas regras do HMC, como forma de evitar uma 'enxurrada' de doentes vindos do interior de Mato Grosso.
 

O prefeito da capital teme que haja superlotação na nova unidade, apesar dos 315 leitos e capacidade para 35 mil atendimentos mensalmente. Assim, para evitar que o HMC transforme, em um curto espaço de tempo, em escoadouro de pacientes vindos do interior, Emanuel aproveita para orienta-los sobre as regras da unidade hospitalar quanto emergência e urgência e ainda como deverá funcionar as internações.

 

ENCONTRO MUNICIPALISTA

 

O encontro na AMM-MT terá uma programação que inclui uma série de palestras, painéis e debates. Na segudda-feira (18), será realizada às 9h a abertura oficial, com a presença de autoridades e outros convidados. O presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Aroldi, vai falar sobre o tema “Defesa das Pautas Municipalistas” e terá como moderador, o presidente da AMM, Neurilan Fraga.

 

Outro tema “Padronização dos Estatutos das Entidades Municipalistas, conforme o Projeto de Lei 486/2017”, será abordado pelo presidente do Instituto IPZ, Paulo Ziulkoski.

 

Em seguida, o tema “Financiamento da Saúde, Cenários e Perspectivas”, será tratado pelo presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde-Conasems, Wilames Freire Bezerra. A mesma temática será tratada também por uma representante do Ministério da Saúde. O moderador deste painel, será presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso, Marco Antônio Norberto Felipe, que também é secretário municipal de Saúde de Tapurah.

 

No período da tarde, o evento prossegue com a participação de parlamentares que integram a Bancada Federal de Mato Grosso. Ocasião em que serão discutidos os projetos de interesse dos municípios que tramitam no Congresso Nacional. O painel, será coordenado pelo deputado federal, Neri Geller.

 

O “Novo Pacto Federativo”, é o tema seguinte, que será abordado pelo deputado federal, Silvio Costa Filho (PTB/PE). Este tema terá como moderador, Paulo Ziulkoski, presidente do Instituto IPZ. Já o tema “ Cenário Econômico dos Municípios com a Reforma Tributária”, referente a PEC 45/2019, será a bordado por dois palestrantes, o deputado federal, Baleia Rossi (MDB/SP) e o economista Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal. O moderador neste tema será o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

 

Em seguida, o tema “Efeitos da Reforma Tributária nos Municípios”, conforme a PEC 110/2019”, será debatido pelo senador Roberto Rocha (PSDB/MA). O moderador será o senador Wellington Fagundes (PR-MT). Já a “Reforma Tributária sob a Ótica do Municipalismo” terá como palestrante, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, e como moderador o presidente da AMM, Neurilan Fraga. No encerramento da programação do primeiro dia, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, vai falar sobre o Hospital Municipal de Cuiabá. Em seguida, convidará os participantes do Encontro Municipalista para a inauguração da unidade hospitalar da Capital.

 

No dia seguinte, terça(19), a programação terá início com a Assembleia Geral, que contará com a participação dos prefeitos. A pauta da assembleia será voltada para a padronização do estatuto da AMM. Na ocasião serão tratados outros assuntos pelos gestores como os valores do repasse para o transporte escolar nos municípios. (Com informações da AMM-MT)

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
VACA GORDA À VISTA R$/@ 182,28
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 79,87
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 4,62
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 29,90
LEITE R$/l 1,08
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 78,75
BOI GORDO À VISTA R$/@ 195,11
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet