icon Quarta-feira, 17 de Julho de 2019

POLÍTICA - A | + A

ELEIÇÕES 2020 13.04.2019 | 08h:25

Eduardo Botelho admite possível candidatura para Prefeitura de Cuiabá

Por: Alexandra Freire - O Bom da Notícia

Reprodução

Reprodução

Em entrevista ao site 'O Bom da Notícia', o presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (DEM) não descartou a possiblidade de disputar o Palácio Alencastro em 2020, mesmo que o grupo político de Júlio Campos já tenha o lançado na corrida pela Prefeitura de Várzea Grande.

 

“A gente trabalha com o coração e um pouco com a razão. Se fosse seguir meu coração, eu seria prefeito de Várzea Grande, mas também posso disputar em Cuiabá. Meu domicilio eleitoral é Cuiabá”, disse.

 

O deputado democrata ainda lembra que o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), não confirmou se sai ou não para a reeleição. Com um eventual recuo do prefeito, Botelho avalia que ele teria mais chances de ser candidato.

 

“Não sei se o prefeito vai ser candidato à reeleição ou não, mas se ele saísse candidato, ele é muito forte, não se discute isso. Ele tem a máquina na mão. Se ele não for candidato, ficaria um pouco mais solto. Aí passaria, a ter chance, de até ter um pouco mais chance de eu ser candidato é uma conjuntura que ainda vai ser discutida com o passar o do tempo”, complementa Botelho.

 

Apesar desse desejo, o deputado afirma que pretende continuar atuando no Legislativo. Ele vai se afastar do cargo no próximo dia 22 por 121 dias. Quem assume a Mesa Diretora do Parlamento Estadual é a deputada Janaina Riva (MDB) nesse período. Botelho fez as declarações ao jornalista Edivaldo Ribeiro, na última terça-feira (9), em uma entrevista exclusiva no seu gabinete.

A gente trabalha com coração e um pouco com a razão. Se fosse seguir meu coração, eu ser prefeito de Várzea Grande, mas também posso disputar em Cuiabá. Meu domicilio eleitoral é Cuiabá

 

Com a cassação do diploma da senadora Selma Arruda (PSL) por unanimidade pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), diversos nomes são ventilados para disputar a vacância. Entre eles, o de Eduardo Botelho. Segundo Janaina, se Eduardo se lançar candidato terá o apoio de diversos deputados estaduais.

 

“Claro que o Botelho, dentro da Assembleia, reuniria o apoio de um grande número de partidos. Até porque ele é uma pessoa que conhece a importância do parlamento e tem muita liderança dentro Casa”, disse a emedebista, após reunião que tratou sobre contrato de concessão da MT-320, na manhã desta sexta-feira (12).

 

O TRE cassou o mandato da senadora sob a acusação de caixa dois, abuso de poder econômico e campanha extemporânea, na realização das atividades ligadas ao processo eleitoral antes do prazo estabelecido por lei.

 

Gastos que não foram declarados à Justiça Eleitoral na prestação de contas de sua campanha. Além de cerca de R$ 1,2 milhão que teriam sido usados na pré-campanha.

 

Veja na íntegra a entrevista com o presidente da ALMT. 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 16/07/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
Soja Disponível R$/sc 57,00
Boi a Vista R$/@ 135,00
Algodão R$/@ 90,09
Milho Disponível R$/sc 21,70
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet