icon Sábado, 14 de Dezembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

VERDADEIRA TORRE DE BABEL 15.08.2019 | 16h:33

Em um contra-ataque, Abílio pede investigação contra Renivaldo por 'agressões contra colegas'

Por: Rafael Machado - O Bom da Notícia

(Foto: Reprodução/Câmara de Vereadores)

(Foto: Reprodução/Câmara de Vereadores)

O vereador Abílio Júnior (PSC) anunciou na sessão desta quinta-feira (15), que protocolou um requerimento contra seu colega de parlamento Renivaldo Nascimento (PSDB), para que seja investigado por possível quebra de decoro.

 

No plenário, ele comentou que o tucano teria ofendido os outros parlamentares com ‘agressões físicas e verbais’. Nominando pelo menos oito fatos que teriam ocorridos ao longo da legislatura. Segundo ele, os tais fatos haviam ocorridos contra ele e com os vereadores Felipe Wellaton (PV), Ricardo Saad (PSDB), Dilemário Alencar (Pros), Orivaldo da Farmácia, Diego Guimarães (PP). O vereador ainda citou um possível ameaça e ofensa ocorridos contra a ex-vereadora Luecy Ramos e um assessor do deputado estadual Ulysses Moraes (DC).

 

“Já que o presidente está tão focado no sentido de representações, fiz essa representação e a estou protocolando hoje aqui, na Câmara Municipal de Cuiabá. Desta forma, já antecipo aos colegas parlamentares minha decisão e espero que o presidente da Câmara, Misael Galvão, que tanto tem atuado em respeito da ética, acate essa representação com provas desta vez, do mesmo jeito que acatou outras representações”, disse.

Espero que o presidente da Câmara, Misael Galvão, que tanto tem atuado em respeito da ética, acate essa representação com provas desta vez

 

O vereador ainda pediu ao presidente da Casa, Misael Galvão (PSB), que desse mais transparência aos atos realizados pelo Legislativo, principalmente, das corridas realizadas pela Câmara em parceria com associação dos servidores. Segundo Abílio, a associação teria sido usada como laranja para realização do evento.

 

O pedido será analisado pelo Mesa Diretora da Câmara. Caso seja aprovado seguirá para analise da Comissão de Ética.

 

A ação de Abílio ocorreu após o presidente da Câmara ter aceito a abertura de um processo investigativo contra ele por falta de decoro parlamentar. O processo pode resultar na cassação de seu mandato. O fato inclusive foi criticado por Abílio na última sessão.

 

Denúncias vazias

 

Mostrando tranquilidade, o vereador Renivaldo pediu ao presidente que dê sequência aos requerimento apresentados contra ele e ainda pediu celeridade no processo. Ele destacou que as acusações são vazias e acrescentou que a população cuiabana não merece um representante como Abílio.

 

“O senhor fez dessa Casa, um circo. E nós fomos coniventes com essa palhaçada. Não levo desaforo para casa. Esse parlamento, nos últimos dois anos, tem sangrado. A mim ele vai respeitar mais agora”, disparou.

 

Entenda

 

O processo ético investigativo por quebra de decoro parlamentar contra Abílio foi apresentado pelo Sindicato dos Agentes de Fiscalização do Município de Cuiabá (SINDASFIMC). Na denúncia, o sindicato apontou que o vereador teria tentado invadir a casa do prefeito e abrigado que agentes fiscalizassem a residência de Emanuel. O episódio ocorreu no último dia 9 de maio. 

 

Abílio afirma que o processo é um jogo de cartas marcadas, pois foi encaminhado pelo suplente de vereador, Paulo Henrique, que é irmão do secretário de Mobilidade de Cuiabá, Antenor Figueiredo. "Ele [Paulo Henrique] usou politicamente o sindicato para fazer isso".

 

"Porque se eu do outro lado da rua fotografei a casa do prefeito, sem sequer entrar na sua casa, como atestam o delegado e o procurador, porque então deveria este pedido ser aceito pelo presidente da Câmara, e ainda ser encaminhado à Comissão de Ética? Talvez porque os valores éticos e morais não sejam os mesmos que os meus", disse ao se referir ao presidente da Câmara.

 

Veja o caso no vídeo abaixo:

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 79,87
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 4,62
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 29,90
LEITE R$/l 1,08
VACA GORDA À VISTA R$/@ 182,28
BOI GORDO À VISTA R$/@ 195,11
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 78,75
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet