icon Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

MARGARETH BUZETTI 21.10.2019 | 15h:44

Empresária descarta dobradinha com Emanuel e diz que vice não passa de especulação

Por: Marisa Batalha - O Bom da Notícia

(Foto: Reprodução)

margareth buzetti.jpg

 

Após o nome da empresária Margareth Buzetti - que chefia a indústria de recapagem, recauchutagem, duplagem e vulcanização de pneus de caminhões e máquinas pesadas, a Buzetti Pneus/Drebor - voltar a ser cogitado como vice do prefeito emedebista, Emanuel Pinheiro, a progressista, por meio de uma nota de esclarecimento, descartou esta possibilidade.

 

Buzetti, que assumiu recentemente o cargo de secretária-geral do Partido Progressista (PP) em Mato Grosso, declarou nesta segunda-feira (21), que são levianas as afirmações de que o partido esteja trabalhando para sua candidatura à vice, na chapa do prefeito emedebista.

 

Buzetti, que assumiu o cargo de secretária-geral do Partido Progressista em Mato Grosso, declarou nesta segunda, que são levianas as afirmações de que o partido esteja trabalhando para sua candidatura à vice, na chapa do prefeito emedebista

De acordo com a empresária, essa possibilidade em nenhum momento foi trabalhada dentro da sigla. “Não tratamos disso. E, tampouco, fui consultada sobre esse projeto. Qualquer afirmação sobre essa possibilidade seria uma enorme irresponsabilidade. O que temos acordado no PP é que as eleições municipais só serão discutidas em abril do ano quem vem”, afirmou Margareth.

 

A declaração da empresária comprova que mesmo que alguns líderes políticos em Mato Grosso e, em especial, Cuiabá insistam em frisar que discutirão eleições municipais somente em 2020, a imprensa é prova irrefutável que as discussões já iniciaram com uma série de especulações e com muitos já postulando a majoritária [e alguns oficializando a pré-candidatura como o vice-prefeito Niuan Ribeiro, do Podemos]. Sem falar das centenas de pessoas que já se movem politicamente para assegurar uma cadeira nas câmaras municipais.

 

O nome da empresária voltou a ser apontado esta semana, com a possibilidade que estas articulações estivessem sendo realizadas, inclusive, pelo ex-ministro Blairo Maggi.

 

Buzetti já teria sido apontada nesta composição, na condição de vice de Emanuel, pelo colega de sigla, o deputado Paulo Araújo. Que nominou a empresária na dobradinha com Pinheiro, ao ressaltar a disposição de seu partido em caminhar nas próximas eleições com o prefeito emedebista. E que os progressistas já trabalhavam com a possibilidade de indicar o vice.

 

Na declaração feita em uma coletiva no dia 02 de outubro, no VI Congresso Estadual de Vereadores, na Assembleia Legislativa, o parlamentar progressista ainda chegou a frisar - que caso o prefeito desistisse de sua reeleição -, o partido possuiria nomes que poderiam sair como cabeças de chapa na disputa pela Prefeitura de Cuiabá, como a empresária Margareth Buzetti. Citando ainda o nome do secretário de obras da Capital, Vanderlúcio Rodrigues - presidente do diretório da capital - ou do vereador Vinicius Hugueney. Mas excluindo quaisquer possibilidades de que a sigla possa apontar ele [deputado] ou o vereador Diego Guiamarães, que faz oposição ao prefeito de Cuiabá, na Câmara.

 

Outro líder da legenda que não descartou uma dobradinha com Pinheiro é o presidente do Partido Progressista em Mato Grosso, o deputado federal Neri Geller que, igualmente, no início de outubro, mencionou sobre a possibilidade desta composição na majoritária em Cuiabá, lançando Vanderlúcio Rodrigues para a vice.

 

Uma tarefa que pode parecer fácil, à princípio, pelo fato do partido ser comandado em Cuiabá, por Vanderlúcio. Mas bastante questionada por alguns articulistas políticos na capital, por conta da 'dor de cabeça' que pode ter ainda a sigla nesta coligação, caso o vereador progressista Diego Guimarães se oponha. Já que ele é um dos opositores mais ferrenhos de Emanuel e, sobretudo, por que mesmo que o PP tenha quatro vereadores, Diego indiscutivelmente é o que possui a imagem mais cristalizada, pelos embates que realiza ao 'peitar' a administração do gestor cuiabano.

 

Diego ganhou notoriedade na Casa de Leis por suas posições combativas, em particular, pelo mandado de segurança impetrado no ano passado, para que a Casa de Leis da capital fizesse a recomposição da CPI do Paletó, que investiga Emanuel Pinheiro em vídeo onde é flagrado guardando maços de dinheiro no paletó, supostamente de propina repassada pelo ex-governador Silval Barbosa, na época em que ele era ainda deputado estadual.

 

Após assegurar seu deferimento, na Justiça, no último dia 23 de agosto, e conseguir que a CPI fosse reinstalada na Casa de Leis, acabou perdendo a queda de braço para o presidente do Parlamento, Misael Galvão (PSB) que ganhou recurso no Tribunal de Justiça em 'banho maria', após sua suspensão ser deferida.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
LEITE R$/l 1,09
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet