icon Sábado, 24 de Agosto de 2019

POLÍTICA - A | + A

HÁ 70 ANOS NAS TERRAS 17.07.2019 | 10h:00

Estado busca saída jurídica para permanência de famílias desapropriadas em Jarudore

Por: O Bom da Notícia

(Foto: Gcom-MT)

mauro-jarudore.jpg

 

O Governo do Estado estuda alternativas jurídicas para assegurar a permanência das centenas de famílias, moradoras no Distrito de Jarudore, município de Poxoréu (251 km ao Sul de Cuiabá), após desapropriação por conta de uma decisão judicial, dada no âmbito de uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal.

 

No local há 70 anos em 4,7 mil hectares, as famílias têm agora 45 dias para deixar as terras com a desapropriação.inistério Público Federal (MPF).

 

Durante reunião no Palácio Paiaguás, nesta terça-feira (16.07), o governador Mauro Mendes determinou que a Procuradoria-Geral do Estado avalie todas as questões jurídicas relativas à situação, de modo a defender os moradores da região.

 

O Distrito de Jarudore foi reconhecido como terra Indígena, em 1912

Em conjunto com a Assembleia Legislativa, o gestor estadual também buscará soluções políticas para resolver o impasse junto à União.

 

O Distrito de Jarudore foi reconhecido como terra Indígena, em 1912. No entanto, atualmente, menos de 20 índios da etnia Bororo vivem no local. O restante da área é ocupado por cerca de 1,3 mil pessoas, que vivem e exploram atividades econômicas na região.

 

“É um desrespeito às famílias que foram surpreendidas com essa decisão judicial, que nós respeitamos, mas não concordamos. Iremos tomar todas as medidas legais e cabíveis para que possamos garantir o direito dessas famílias. Respeitamos nossos irmãos índios, mas também queremos respeito àqueles que estão lá há mais de 70 anos”, afirmou Mauro Mendes.

 

O prefeito de Poxoréu, Nelson Paim, afirmou que a situação das famílias é muito grave e que a participação efetiva do Estado na ação é de suma importância. “O desespero é geral e realmente esperávamos essa postura do governador”, comentou.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
Algodão R$/@ 90,09
Soja Disponível R$/sc 57,00
Milho Disponível R$/sc 21,70
Boi a Vista R$/@ 135,00
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet