icon Terça-feira, 12 de Novembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

FRAUDE NA SAÚDE 19.08.2019 | 09h:38

Gratificações e licitação colocam São Benedito como alvo do MP

Por: Wellyngton Souza

Michel Alvim

Michel Alvim

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE-MT) instaurou um inquérito civil para investigar supostas irregularidades no pagamento de gratificações aos funcionários e prática reiterada de dispensa de licitação do Hospital São Benedito.

 

Conforme a portaria de instauração assinada pelo promotor de Justiça Roberto Aparecido Turin, no último dia 9 de agosto, teve como base o Relatório Final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde elaborada pela Câmara dos Vereadores de Cuiabá. 

 

As acusações são de falta de medicamentos, gestão temerária e possível ingerência política. A CPI pediu ainda a exoneração do secretário-adjunto de saúde, Milton Corrêa da Costa, acusado de nepotismo ao empregar familiares

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi criada para investigar supostas irregularidades no setor de Saúde de Cuiabá. O relatório final foi aprovado em outubro de 2018 e encaminhado o processo investigatório ao Ministério Público Estadual (MPE) e Tribunal de Contas do Estado (TCE). 

 

As acusações são de falta de medicamentos, gestão temerária e possível ingerência política. A CPI pediu ainda a exoneração do secretário-adjunto de saúde, Milton Corrêa da Costa, acusado de nepotismo ao empregar familiares. O relator da CPI, vereador Ricardo Saad (PSDB), pontuou uma série de irregularidades constatadas ao longo das apurações e considerou que os documentos deveriam ser remetidos aos órgãos de controle. 

 

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Cuiabá informou ao site O Bom da Notícia em relação aos  apontamentos feitos pelo Ministério Público do Estado a respeito do Hospital São Benedito, tem a informar que recebeu a notificação nesta segunda-feira (19). E que tem um prazo de 10 dias úteis para responder às indagaçõesdo Ministério Público. "A ECSP já está fazendo levantamento da documentação solicitada pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso".

 

Leia a nota na íntegra

 

Sobre os apontamentos do Ministério Público do Estado a respeito do Hospital São Benedito, realizado no último dia 09/08, a Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) informa que:
- Recebeu a notificação nesta segunda-feira (19);
- O prazo para resposta é de dez dias úteis. A ECSP já está fazendo levantamento da documentação solicitada pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso

 

[Clique aqui para ver portaria].

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
LEITE R$/l 1,09
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet