icon Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

CAPITAL EM 2020 13.08.2019 | 10h:59

Ignorando diferenças entre Pinheiro e Mendes, Janaina acredita em aliança entre DEM e MDB para eleições

Por: O Bom da Notícia

Reprodução

Reprodução

Contra as possibilidades atuais de uma coligação ou quaisquer tipos de apoios eleitorais, a deputada estadual Janaina Riva acredita, no entanto, que o DEM possa caminhar junto com o MDB na disputa ao comando do Palácio Alencastro, na eleição de 2020. Ignorando as constantes trocas de farpas entre os gestores de Cuiabá e do governo, respectivamente, o emedebista Emanuel e Mauro Mendes (DEM).

 

A emedebista não vê dificuldades da possível aliança, principalmente, após alguns democratas declararem contrário a possível reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. Voltando a deixar de lado entrevista recente de um dos caciques democratas no Estado, o ex-governador Júlio Campos, que mesmo lembrando em conversa com jornalistas, que a família Campos tem uma boa amizade com a do prefeito da capital, mas que isto não deverá, no entanto, influenciar a decisão dos democratas, que pretendem ter candidatura própria em pelo menos 50% dos municípios de Mato Grosso e, em especial, em Cuiabá.

 

Em entrevista à Rádio Vila Real, nesta terça-feira (13), Janaina destacou que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho, que em sua opinião, é uma das maiores lideranças do DEM na Capital, depois do governador Mauro Mendes, e que vem deixando em aberto a possibilidade das siglas caminharem juntas no próximo pleito.

O maior líder político do DEM em Cuiabá, logico que depois do governador, eu acredito que seja o Botelho. Ele sempre tem deixado isso muito aberto, essa possibilidade de caminharmos juntos

 

“Eu não vejo dificuldades nessa aliança. Na minha opinião, o maior líder político do DEM em Cuiabá, logico que depois do governador, que é o Botelho, sempre tem deixado isso muito aberto, essa possibilidade de caminharmos juntos”, disse.

 

Segundo a deputada, o governador não deve interferir diretamente nas eleições municipais, devido ao trabalho que deve desempenhar para equilibrar as contas do estado. Ela ainda lembrou que o presidente da Assembleia chegou a ser cogitado para concorrer ao cargo de prefeito de Cuiabá e que a possibilidade, segundo ela, teve total apoio do MDB.

 

“A gente cogitou o Botelho como candidato, mas ele deixou claro que não quer ser candidato a prefeito. O próprio Emanuel se posicionou que avalizaria o nome de Botelho”, frisou.

 

A possível aliança entre os partidos ainda segue como incógnita. Isso porque o DEM está divido entre apoiar uma possível reeleição de Emanuel Pinheiro e lançar candidatura própria.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

pedro - 14/08/2019

mauro mendes tem que ser mais flexivel, é muito durão na politica, o fabio garcia esta esquisito, ou não esta gostando de alguma coisa.

marta - 14/08/2019

o que esta acontecendo com o fabio garcia, que parece estar evitando entrevistas, não é o mesmo que foi deputado, parece que está no DEM por obrigação, mudou da agua para o vinho, fabinho tem que ser mais simpatico, mais ligado a politica, mesmo não estando dentro dela todo dia.

2 comentários

1 de 1

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
LEITE R$/l 1,09
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet