icon Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

POLÍTICA - A | + A

OPERAÇÃO SODOMA 27.08.2019 | 16h:47

Juiz suspende audiência e Silval deixa de ser interrogado sobre desvio de R$ 8 milhões

Por: Marcio Camilo - O Bom da Notícia

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

O juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, suspendeu o interrogatório do ex-governador Silval Barbosa, marcado para esta terça-feira (27), no Fórum de Cuiabá, na ação penal oriunda da quinta fase da Operação Sodoma. A suspensão se deu por causa de um pedido do Ministério Público Estadual (MPE) que defende que o caso seja analisado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), conforme as novas regras estabelecidas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A informação é da assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

 

A suspensão se deu por causa de um pedido do Ministério Público Estadual (MPE) que defende que o caso seja analisado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE)

Ao juiz, o promotor de Justiça Marcos Bulhões argumentou que o STF estabelece que crimes como o caixa 2, que foram cometidos juntamente com outras práticas de corrupção, devem ser julgados pela Justiça Eleitoral. No caso, Silval teria montado o esquema de propina para pagar contas de campanhas passadas e fazer caixa 2 para que seu grupo político tivesse recursos para participar das próximas eleições.

 

Diante do pedido do MPE, o juiz Jorge Luiz Tadeu decidiu suspender a audiência para analisar a possibilidade de transferir a ação à Justiça Eleitoral.

 

Barbosa é investigado em um suposto esquema que teria desviado R$ 8, 1 milhões dos cofres do Estado, entre 2011 e 2014, por meio de pagamento de propina dos sócios do Auto Posto Marmeleiro e da Saga Comércio de Tecnologia e Informática Ltda, Juliano Volpato e Edézio Corrêa, que foram beneficiados com contratos do Governo em licitações fraudadas a favor das empresas.

 

Além do ex-governador também são réus na ação o ex-chefe de gabinete de Silval, Silvio Cesar Corrêa; os ex-secretários de Estado Francisco Faiad, Cesar Zílio e Pedro Elias; o ex-secretário adjunto de Administração, José de Jesus Nunes; o ex-secretário adjunto da Secretaria de Transportes, Valdísio Juliano Viriato; os empresários Juliano Cezar Volpato e Edézio Corrêa; e os ex-servidores da Secretaria de Transportes, Alaor Alves Zeferino e Diego Pereira Marconi.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
LEITE R$/l 1,09
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet