icon Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

POLÍTICA - A | + A

DECRETO INCLUI DESMATE 30.08.2019 | 16h:41

Mauro prorroga para novembro proibição e fala de 'tolerância zero' contra queimadas

Por: Wellyngton Souza e Márcio Camilo- O Bom da Notícia

(Foto: Reprodução/Alair Ribeiro)

(Foto: Reprodução/Alair Ribeiro)

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou na tarde desta sexta-feira (30), que prorroga para o dia 30 de novembro, a suspensão de queimadas e desmatamento em todo o Estado. Fica suspenso ainda qualquer tipo de emissão de autorização para uso de desmate no Estado. Anteriormente, a suspensão era até 15 de setembro.

 

“A partir de hoje estou editando esse decreto e nós vamos com isso, concentrar todas as nossas energias, recursos e equipamentos para usarmos no combate a esses desmatamentos ilegais e também no combate as queimadas que ocorrem no Estado”, disse à imprensa no Palácio Paiaguás.

 

O governador prometeu ainda, semanalmente, apresentar dados sobre o trabalho que está sendo feito por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros e outros órgãos no combate contra crimes ambientais. 

 

"Nós vamos semanalmente apresentar um balanço do esforço que estamos fazendo para combater toda e qualquer tipo de ilegalidade. Nós iremos adotar uma política de tolerância zero com desmatamento. Quem duvidar vai pagar caro". O decreto já foi debatido na Assembleia Legislativa e com setores do agronegócio. 

Nós vamos semanalmente apresentar um balanço do esforço que estamos fazendo para combater toda e qualquer tipo de ilegalidade

 

"Debatemos essa medida com Assembleia e com setor produtivo no Estado e todos concordaram. Eles querem agricultura e agronegócio sustentável. Isso abre portas pela manutenção do comércio internacional para Mato Grosso e o país. Estamos muito conscientes do papel que o Estado tem dentro do contexto da economia nacional e do agronegócio brasileiro". 

 

“Estamos trabalhando duramente para combater o desmatamento ilegal em Mato Grosso. Nossos esforços são para em dois anos, reduzir a zero esse índice. Nosso Estado não tolera mais qualquer tipo de ilegalidade praticada contra o meio ambiente”, afirmou. 

 

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil registrou no período de janeiro a 19 de agosto um aumento de 83% das queimadas em relação ao mesmo período de 2018.

 

Já foram registrados mais de 72 mil focos de incêndio. Mato Grosso lidera o ranking de queimadas na região da Amazônia com mais de 14 mil focos acumulados até o momento de acordo com levantamento feito pelo Inpe.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
LEITE R$/l 1,09
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet