icon Domingo, 17 de Novembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

BOLSONARO VEM À MT 25.06.2019 | 17h:59

Medeiros pede a Bolsonaro mudanças nas regras do crédito fundiário

Em reunião com o presidente da República, na semana passada, o deputado e um dos líderes do atual Governo na Câmara Federal, José Medeiros (Pode), entregou a Jair Bolsonaro um documento no qual requere tratamento igualitário entre adimplentes e inadimplentes que possuem débitos com o Programa Nacional de Crédito Fundiário - PNCF. O parlamentar ainda tratou sobre a possível visita do presidente a Rondonópolis no próximo mês de agosto.

 

Ao apresentar a proposta de alteração das regras da política de débitos das associações de produtores rurais, Medeiros disse ao presidente que o modelo atual beneficia e até incentiva a criação de uma cultura do inadimplemento no Brasil. “Pontuei ao presidente e ele concordou plenamente em fazermos mais justiça nessa relação. O que temos hoje são critérios que dão até 85% de descontos em dívidas com o PNCF. Enquanto que para os adimplentes incentivo nenhum é dado. Por qual motivo esse segundo grupo seguirá mantendo sua relação corretamente com o Estado?”, indagou o parlamentar.

 

Deputado convida presidente Bolsonaro para visitar Rondonópolis em agosto

Medeiros comentou que, além do presidente, já havia levado o assunto para diferentes setores do governo com intuito de ajustar os critérios para pagamento do crédito fundiário. “Já conversei com o secretário especial de Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia, com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e com representantes da Advocacia da União para criar condições a quem tem dívidas, como também uma estrutura em que seja vantajoso ser adimplente. Também se faz necessário a individualização das dívidas, retirando a questão coletiva para dar a cada produtor a responsabilidade de assumir sua relação com essas linhas de crédito que lhe permitem evoluir em sua propriedade”, explicou.

 

O parlamentar aproveitou o encontro com o presidente para convidá-lo a participar da inauguração da agora emancipada Universidade Federal de Rondonópolis – UFR e aproveitar para visitar a 47ª Exposul, que ocorrerá entre 5 e 10 de agosto. O deputado ainda quer levar Bolsonaro até o Complexo Intermodal Ferroviário de Rondonópolis, o maior da América Latina, para discutir novos avanços no setor de logística de Mato Grosso.

 

O presidente Bolsonaro já se comprometeu a construir novos traçados ferroviários como a Ferrogrão, que levará a produção do médio-norte do estado até o Porto de Miritituba, no Pará, e a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste – Fico, que passará por Mato Grosso até Rondônia, em um projeto amplo de interligar os oceanos atlântico e pacífico entre Brasil e Peru. “O presidente ficou de adequar a agenda dele para visitar Rondonópolis em agosto. Precisamos mostrar o potencial econômico de Mato Grosso para o presidente e seus ministros”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
LEITE R$/l 1,09
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet