icon Sábado, 19 de Outubro de 2019

POLÍTICA - A | + A

VI ENCONTRO DE VEREADORES 01.10.2019 | 11h:02

Mendes evita críticas a Emanuel e ressalta mudanças em seu governo em encontro

Por: Marisa Batalha e Rafael Medeiros/ O Bom da Notícia

(Foto: Rafael Medeiros)

Mauro- na AL.jpg

 

Evitando tecer comentários sobre seu encontro com o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na noite da última sexta-feira(27), na reinauguração do Ginásio Fiotão, em Várzea Grande, quando acabaram ficando lado a lado no palanque, e se limitaram a trocar um aperto de mão, o governador Mauro Mendes (DEM), classificou apenas como natural a situação, já que ambos teriam sido convidados para o mesmo evento.

 

A declaração foi dada nesta terça-feira (01), no VI Congresso Estadual de Vereadores, promovido pela União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT), no Teatro Zulmira Canavarros, na Assembleia Legislativa.

Ao lembrar que foi prefeito de Cuiabá, Mendes classificou a importância deste debate, com a presença de vereadores de todo o Estado, pontuando que são eles que trabalham na base, fiscalizando e ajudando os gestores a administrar

 

Um dos palestrantes, Mendes em conversa com jornalistas, apontou sobre a importância de participar de uma discussão entre líderes municipais, em um evento que faz uma clara referência ao estado democrático de direito.

 

E ao lembrar que foi prefeito de Cuiabá, classificou a importância deste debate, com a presença de vereadores de todo o Estado. Pontuando que são eles, os vereadores, que trabalham na base, fiscalizando e ajudando os gestores a administrar. Ressaltando, porém, que ajudam a gestão aqueles parlamentares municipais que trabalham com honestidade, que desempenham as tarefas com qualidade. Ou seja, vereadores que tenham a consciência do papel que têm junto à sociedade.

 

"Vim aqui para falar de nossa realidade. De como pegamos Mato Grosso nestes oito meses e o que temos feito para que ele encontre seu reequilibrio fiscal. Falar como encontramos o Estado em janeiro - quando assumimos - mas, sobretudo, as alternativas que temos buscado, sob o ponto de vista do que estamos realizando, de forma mais relevante, no presente e, obviamente, nossos planos para o futuro".

 

De acordo com o chefe do Executivo estadual, em um encontro onde a discussão tem como temas - redes sociais, construção de candidaturas, mandatos eletivos -, claro, os debates deverão passar pelas novas eleições. Assim, será importante debater sobre a qualidadade destes novos políticos, pois estas escolhas estariam diretamente ligadas à qualidade dos votos que vão estar nas urnas.

 

"É preciso - neste processo eleitoral -, que os partidos tenham a capacidade de criar alternativas políticas para melhorar as gestões. Que tenham a capacidade de escolher bons candidatos para o Executivo, o Legislativo que irão nos representar. Criando boas alternativas para apresentar a sociedade, para que ela, por sua vez, possa escolher aqueles que poderão oferecer os resultados que ela espera".

 

E ao ser questionado sobre o que levaria no encontro, enquanto discussão, aos vereadores, o gestor democrata revelou que acha de suma importância revelar aos líderes municipais que Mato Grosso está em franca recuperação. Apontando a herança recebida do seu antecessor, Pedro Taques (PSDB), quando o Estado vivia com salários atrasados, com o 13º salário atrasado, com viaturas policiais fora das ruas, paradas, por falta de pagamento aos fornecedores. E com as contas públicas fragilizadas.

 

"Tínhamos aí pelo menos 453 obras paralisadas, Fornecedores sem receber suas dívidas com o Estado. Hoje estamos trabalhando para mudar este tipo de situação. Mudando os resultados que vinham sendo colecionados no governo anterior. Agora este cenário está sendo mudado, após as medidas necessárias sendo impostas, como a  redução dos gastos e com foco na melhoria da arrecadação. Assim, hoje, o estado já dá sinais que está em franca mudança. Só para se ter uma ideia, já retomamos quase 200 obras, em mais de 100 municípios".

 

Mendes admitiu que, no entanto, sua administração ainda não conseguiu ter o número necessário de viaturas nas ruas, de hospitais, de estradas asfaltadas, de escolas reformadas, afirmando que o govern ainda não possui dinheiro suficiente para realizar os investimentos que são necessários. "Mas estamos gradativamente melhorando", ainda disse.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
LEITE R$/l 1,09
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet