icon Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

POLÍTICA - A | + A

IMBRÓGLIO 15.03.2019 | 10h:19

Misael garante que Pinheiro utilizou R$ 12 mi destinados a Santa Casa em novo hospital

Por: Karollen Nadeska e Alexandra Freire

Ednei Rosa - Câmara de Cuiabá

Ednei Rosa - Câmara de Cuiabá

O presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (PSB), afirmou que os R$ 12,4 milhões provenientes de uma emenda articulada pela bancada federal de Mato Grosso, foi destinada com sucesso à Prefeitura Municipal. Assim, o recurso que era para ser empregado na Santa Casa de Cuiabá acabou sendo utilizado em investimentos no hospital municipal.

 

Ficou muito bem claro que a Santa Casa não teria capacidade de receber esse recurso que não foi destinado para unidade e sim para o município, para investir no hospital municipal

“Eu participei de várias reuniões com os vereadores, o Conselho de Saúde, servidores da Santa Casa e diretoria da Santa Casa e a diretoria, e ficou muito bem claro que a Santa Casa não teria capacidade de receber esse recurso que não foi destinado para unidade e sim para o município, para investir no hospital municipal”, disse o presidente durante entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (15), ao sair em defesa do prefeito emedebista Emanuel Pinheiro.

 

A Santa Casa, que dependia de R$ 3,6 milhões para não fechar as portas, encerrou suas atividades na última segunda-feira (11), conforme comunicado da direção. O motivo seria porque o Poder Executivo não teria repassado a verba acordado com a Câmara Municipal que depois disso encaminhou um requerimento ao prefeito Emanuel Pinheiro, sugerindo a intervenção na administração do hospital.

 

Ainda segundo o presidente Misael Galvão, esse foi o “melhor caminho” encontrado pelos parlamentares dentro da legalidade, ainda ao se posicionar em favor da interveção da unidade hospitalar. “Porque dentro da legalidade só o município pode fazer essa intervenção, porque Cuiabá é gestão plena e hoje a Santa Casa não tem capacidade para receber recurso público”, afirmou.

 

A declaração do presidente do Parlamento municipal - que antecipou a coletiva do prefeito Emanuel Pinheiro -, quis reafirmar uma nota divulgada pelo Palácio Alencastro, sobre a imposssibilidade da Santa Casa receber a emenda parlamentar de R$12, 4 milhões, ainda lembrando que já teria repassado R$ 24,8 milhões em recursos para a instituição, que por sua vez não cumpriu com o acordo, pois deixou de executar serviços hospitalares.

 

Na nota divulgada na última quarta-feira (13),a Prefeitura de Cuiabá garante que o Ministério da Saúde teria confirmado, no dia anterior, na terça-feira (12), que a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá não poderia receber o repasse de R$ 12 milhões de emenda de bancada do Estado. Com a impossibilidade da unidade filantrópica, foi cadastrado o Hospital e Pronto-Socorro Municipal para Mato Grosso para não perder o recurso. A  resposta veio após o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto [filho do prefeito cuiabano], encaminhar ofício ao Ministério da Saúde em 18 de fevereiro, solicitando informações sobre a emenda ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2017.

 

Questionado sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito dos Filantrópicos, instaurada na Câmara, Misael afirmou que os vereadores solicitaram prazo maior para concluir os trabalhos, a fim de desvendar o repasse dos recursos financeiros.

 

“Nós estamos participando ativamente desse problema, por isso que está instalada na Câmara a CPI dos filantrópicos e, já teve uma oitiva essa semana com o ex-diretor Preza, e a CPI pelo que já conversei com os membros eles têm de não encerrar a CPI agora para poder avançar mais nessas questões”, finalizou.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 22/05/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO




icon COTAÇÕES MT
Boi a Vista R$/@ 135,00
Algodão R$/@ 90,09
Soja Disponível R$/sc 57,00
Milho Disponível R$/sc 21,70
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet