icon Sábado, 19 de Outubro de 2019

POLÍTICA - A | + A

CPI DO PALETÓ 04.10.2019 | 11h:01

Misael insiste em novos recursos no Judiciário para fazer valer uma investigação ao seu modo

Por: O Bom da Notícia

O Bom da Notícia

O Bom da Notícia

A CPI que vai investigar o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) pode ter uma nova paralisação nos próximos meses, por conta de seu processo de judicialização, já que o presidente da Câmara, Misael Galvão (PSB), insiste em brigar na Justiça, para manter a primeira formação, apenas com vereadores da base aliada do prefeito ou suspendê-la.

 

E mesmo tendo acatado decisão judicial para a nomeação de novos membros [relatoro vereador Toninho de Souza (PSD) e sargento Joelson(PSB0, como membro], Misael assegura que a procuradoria da Câmara entrará com novos recursos, conforme forem tomadas outras decisões pelo Poder Judiciário.

 

“O papel do presidente é defender o parlamento e a CPI já tem muitos trabalhos feitos e joga-se muitas dúvidas pelo processo judicial, por isso eu respeito a Justiça de Mato Grosso e do Brasil. Mas se cabe recursos para sanar dúvidas e para que o nosso parlamento seja respeitado, a procuradoria já está autorizada a trabalhar todos os recursos cabíveis”, afirmou. 

 

Se antes a paralisação da CPI foi usada para ganhar tempo, os recursos que serão impetrados no Judiciário podem ser a alternativa da base aliada de Pinheiro, para implodi-la. A decisão de Misael foi baseada na esperança de que um dos pedidos feitos no primeiro recurso ainda seja analisado. Ao todo são dois pedidos em um único recurso: o primeiro pedindo a suspensão da decisão, o segundo solicitando esclarecimentos sobre aquilo que a procuradoria chamou de falhas na sentença. 

 

A suspensão foi negada, mas o juiz abriu vista para que o Ministério Público e Diego Guimarães (PP) se manifestem sobre a segunda solicitação. Em caso de nova negativa em primeira instância, Misael Galvão não descarta recorrer em segunda instância. Vereadores de oposição avaliam que estes recursos não serão considerados ‘suspensivos’ e, por conta disso, a CPI deve ocorrer normalmente.

 

Leia também: Toninho e Joelson são nomeados para CPI, mas Misael admite que continua com recursos

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































VÍDEOS VEJA MAIS




icon COTAÇÕES MT
LEITE R$/l 1,09
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 71,82
VACA GORDA À VISTA R$/@ 132,07
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 3,74
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 23,17
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 74,04
BOI GORDO À VISTA R$/@ 141,05
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet