icon Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020

POLÍTICA - A | + A

'FOGO PROPOSITAL' 29.08.2019 | 13h:57

MPF vai investigar queimadas em terra indígena com maior número de focos de incêndios em MT

Por: O Bom da Notícia

(Foto: Ibama)

operação siriema.jpg

 

O Ministério Público Federal em Barra do Garças (MPF/MT) instaurou procedimento para apurar as queimadas registradas no interior da Terra Indígena (TI) Areões, da etnia Xavante, situada em Nova Nazaré, município localizado na região nordeste do Estado Mato Grosso, a 796 km de distância de Cuiabá.

 

De acordo com o procurador da República, Everton Pereira Aguiar, o procedimento foi motivado a partir de informações sobre a ocorrência de queimadas de grandes proporções na referida TI, que possui um território de 219 mil hectares.

 

Diante disso, o MPF determinou a requisição de informações à Polícia Federal e ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), bem como de dados detalhados ao Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe). E aguarda agora as informações necessárias para apuração dos fatos e posterior providências a serem realizadas.

 

Entenda o caso

 

Nesta última quarta-feira (28), foi deflagrada a Operação Siriema na terra indígena Areões, na região do município de Nova Nazaré (a 800 quilômetros de Cuiabá), contra combate ao desmatamento e queimadas, pelo agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) e da Polícia Federal (PF). 

 

A reserva possui cerca de 219 mil hectares e é habitada pelos povos Xavantes.

 

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) alertam que essa é a área com maior número de focos de incêndios do Estado. Os agentes flagraram movimentação de caminhões e tratores dentro da terra indígena e procuram pelos infratores. Árvores, como ipê, roxinho e jatobá foram encontradas cortadas na terra indígena. O Ibama reúne brigadistas que devem ser enviados ao local para combater o fogo.

 

Conforme constatação dos agentes, quase toda Terra Indígena já foi atingida pela queimada. Os desmatadores usaram o fogo para poderem explorar ilegalmente a terra. A investigação para identificar os suspeitos é feita pela Polícia Federal de Barra do Garças (a 516 quilômetros de Cuiabá). 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 29,90
BOI GORDO À VISTA R$/@ 195,11
LEITE R$/l 1,08
VACA GORDA À VISTA R$/@ 182,28
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 79,87
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 4,62
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 78,75
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet