icon Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019

POLÍTICA - A | + A

PF E IBAMA 28.08.2019 | 14h:03

Operação Siriema combate incêndios em terras indígenas no Estado

Por: Wellyngton Souza - O Bom da Notícia

Agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) e da Polícia Federal (PF) deflagraram na manhã desta quarta-feira (28), uma operação na terra indígena Areões, na região do município de Nova Nazaré (a 800 quilômetros de Cuiabá), contra combate ao desmatamento e queimadas. A reserva possui cerca de 219 mil hectares e é habitada pelos povos Xavantes. Nenhuma pessoa foi presa até o momento.

 

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) alertam que essa é a área com maior número de focos de incêndios do Estado.  Os agentes flagraram movimentação de caminhões e tratores dentro da terra indígena e procuram pelos infratores. Árvores, como ipê, roxinho e jatobá foram encontradas cortadas na terra indígena. O Ibama reúne brigadistas que devem ser enviados ao local para combater o fogo. 

 

Conforme constatação dos agentes, quase toda TI já foi atingida pela queimada. Os desmatadores usam o fogo para poderem explorar ilegalmente a terra. A investigação para identificar os suspeitos é feita pela Polícia Federal de Barra do Garças (a 516 quilômetros de Cuiabá). Um helicóptero está sobrevoando as terras indígenas. 

 

De acordo com alertas emitidos pela plataforma de monitoramento com Imagens Satélite Planet, entre os dias 13 a 17 de agosto, a área total de desmatamento, apontada em diversas propriedades, é de aproximadamente 1,5 mil hectares em Floresta Amazônica, só no município de Marcelândia. Os crimes ambientais de desmatamento ilegal geraram multas de R$ 7,5 milhões. 

 

A Plataforma será muito importante para a agilidade no combate ao desmatamento e otimização do tempo dos técnicos. Com o alerta, o proprietário será identificado por meio do Cadastro Ambiental Rural (Car), notificado para cessar o desmatamento e autuado, afirma o Superintendente de Fiscalização, Bruno Saturnino. 

 

“As operações serão planejadas estrategicamente observando o tamanho e local da área que está sendo desmatada. As regiões de maior pressão de desmatamento exigem a presença da Sema in loco, já que este é um importante fator inibidor. A equipe de campo também será acionada quando o proprietário da área, que está acontecendo o desmatamento, ignorar a notificação ou não puder ser identificado pela secretaria. Desta forma, os técnicos irão até o local para que ele receba as sanções administrativas e possa ser responsabilizado”, explica Saturnino. 

 

O sistema permite detectar desmates de até um hectare e o monitoramento diário possibilita identificar rapidamente os desmatamentos que estão se iniciando nos três biomas – Amazônia, Cerrado e Pantanal. A Plataforma traz celeridade na autuação administrativa, responsabilidade criminal e obrigação de reparar o dano. 

 

Encontro com presidente da República 

 

O governador Mauro Mendes (DEM) senta com presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), nesta quinta-feira (19), para pedir apoio do governo na liberação do empréstimo junto ao Banco Mundial.   Na ocasião, Mauro deve tratar das parcerias necessárias para a contenção efetiva do processo de queimadas e desmatamento ilegal no Estado. E ainda, a construção de uma agenda futura de proteção, conservação e desenvolvimento sustentável da Amazônia. 

 

Ainda não se sabe se será inserido este assunto no encontro, que acontece durante um café da manhã, junto com a bancada federal de Mato Grosso. Um documento enviado ao presidente em caráter de urgência, pelo próprio governador, demonstra preocupação com a repercussão das queimadas em Mato Grosso comprometendo a biodiversidade de Mato Grosso.

GALERIA DE FOTOS

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
MILHO DISPONÍVEL R$/sc 29,90
SOJA DISPONÍVEL R$/sc 78,75
PLUMA DISPONÍVEL R$/@ 79,87
PREÇO DO SUÍNO VIVO R$/kg 4,62
LEITE R$/l 1,08
VACA GORDA À VISTA R$/@ 182,28
BOI GORDO À VISTA R$/@ 195,11
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet