icon Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

POLÍTICA - A | + A

ELEIÇÕES 2020 10.07.2019 | 09h:30

Pinheiro aposta em apoio do DEM para reeleição; Garcia fala em candidatura própria

Por: Rafael Machado - O Bom da Notícia

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) disse que nos últimos dias tem recebido manifestações de apoio a uma possível reeleição do presidente do diretório estadual do PSB, deputado Max Russi, e de lideranças do DEM.

 

À imprensa, o emedebista comentou que ainda não definiu se será candidato ou não, no próximo pleito, um dos entraves seria problemas pessoais. Ele ainda falou que as principais representantes do democratas no Estado declarou apoio como o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho, o senador Jayme Campos e do ex-governador Júlio Campos.

 

“Hoje o deputado Max quer porque quer, se eu for candidato, o PSB vai nos apoiar, esteve comigo hoje almoçamos juntos. O deputado Botelho declaradamente é Emanuel Pinheiro desde criancinha, Júlio e Jayme tem uma simpatia enorme caso eu saia candidato”, declarou.

 

Ele frisou que sobre eleições de 2020 tratará apenas em 2020, mas enquanto isso estará aberto para dialogar com os políticos.

O deputado Botelho declaradamente é Emanuel Pinheiro desde criancinha, Júlio e Jayme tem uma simpatia enorme caso eu saia candidato

 

“Eu não decidi ainda, eu estou com um problema realmente em casa, vocês sabem, não está decidido, então sempre eu peço compreensão aos companheiros, mas conversar, dialogar e fazer política é o que eu mais gosto de fazer”.

 

Ao ‘O Bom da Notícia’, o ex-governador Júlio Campos disse que embora tenha um desejo da base partidária do Democratas em ter candidatura própria para disputar o comanda da Prefeitura de Cuiabá, nas eleições de 2020, há um grupo que defende o projeto de reeleição de Emanuel Pinheiro. Ainda revelando que, por enquanto, o partido não definiu os planos políticos para próximo pleito, e que às discussões só começarão a partir de abril de 2020.

 

No entanto, o democrata relembrou que o MDB foi aliado ao partido, nas últimas eleições, conseguindo eleger Jayme Campos para senador e Mauro Mendes para o governo, mas que essa aliança, segundo ele, não significa acordo político para próximo ano.

 

A possibilidade de apoio à candidatura de Pinheiro surgiu após o emedebista ter falado que a coligação com o DEM “seria um caminho natural” devido sua ligação com lideranças do partido como os irmãos Campos (Júlio e Jayme) e com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho.

 

Em entrevista à uma rádio, o presidente do DEM, o suplente de senador Fábio Garcia, defendeu candidatura própria da sigla e disse que “tenho a absoluta convicção que nós iremos trabalhar um bom nome, uma boa alternativa para Cuiabá, um nome que possa atender a expectativas da sociedade cuiabana em termos de qualidade de gestão”.

 

O prefeito rebateu a afirmação dizendo que Cuiabá merece suplentes melhores e construtoras melhores.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

LEIA MAIS SOBRE ESTE ASSUNTO

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 16/07/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO





icon COTAÇÕES MT
Milho Disponível R$/sc 21,70
Algodão R$/@ 90,09
Boi a Vista R$/@ 135,00
Soja Disponível R$/sc 57,00
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet