icon Domingo, 16 de Junho de 2019

VARIEDADES - A | + A

PARA DOAR 21.05.2019 | 06h:30

Colégio arrecada mais de quatro toneladas de alimentos para doação

Por: O Bom da Notícia

Assessoria

E

 

Legiões de heróis, vilões, gamers, k-poppers, desenhistas, pintores, escultores, músicos, artesões, esportistas, colecionadores e ávidos leitores tomaram conta de Cuiabá neste fim de semana (18 e 19 de maio). O motivo? Socializar, trocar experiências e, é claro, fazer o bem ao próximo no 5º “Master Nerd” – projeto que, a cada edição, consolida-se como uma meca para as mais variadas vertentes do universo geek e da cultura pop em solo mato-grossense.

 

Organizado pelo Colégio Master, o evento – que antecipou as comemorações do “Dia do Orgulho Nerd” (25 de maio) – reuniu quatro mil pessoas e arrecadou mais de quatro toneladas de alimentos para doação, que serão entregues para o Hospital de Câncer de Mato Grosso, a Associação Wantuil de Freitas e a Casa Caminho Redentor.

 

Conforme explicou o professor Carlos Bidu – que também é curador do projeto e coordenador de marketing da instituição de ensino –, o “Master Nerd” tem como intuito prestigiar os apreciadores da cultura geek/pop, além de ajudar o próximo.

 

“O projeto surgiu em 2015 e logo o colégio abraçou a ideia de expandir seu alcance ao abrir espaço para quem era de fora da instituição. Isto, com o intuito de também ser solidário – algo que nos dá muito orgulho. E o evento cresceu bastante. Nos últimos três anos, ele ganhou força entre os cosplayers e, principalmente, entre os fãs de k-pop. Metade do público vem para esses concursos. Este ano, mais de 15 mil pessoas tentaram se inscrever no evento. Tanto que há o projeto de ampliá-lo em 2020”, comentou. 

 

Colecionador, Bidu disponibilizou para exibição no evento parte de sua coleção de action figures. “Tenho uma das maiores coleções do Estado. Quase cinco mil itens. Trouxe uma amostra para cá”, destacou. No “Master Nerd”, o público também pode ver de perto edições clássicas de HQs. "Todos os anos apresento um quadro com a edição brasileira, número um e dois, do ‘Capitão América’, de junho de 1979”, contou Diogo Peretti Valin, em sua quarta participação no evento.

 

COSPLAY – Muito mais do que um hobby – ou profissão –, o cosplay (mistura de costume “fantasia” e role play “interpretação) se tornou uma ferramenta de interação social livre de preconceitos. No “Master Nerd”, personagens de HQs, desenhos animados, animes, mangás, games, filmes e seriados transitam lado a lado tirando muitas selfies com o público. É o caso da princesa Hilda, do jogo “The Legend of Zelda: A Link Between Worlds”, que também atende pelo nome de Valeska Elisa – estudante de enfermagem e jurada da competição no evento.   

 

“Já faço cosplay há bastante tempo, mas por conta da faculdade acabei parando. O 'Master Nerd’ simboliza um momento de recomeço na minha vida. Retornei para o evento: serei juíza do concurso. E olha que tudo começou lá na infância quando assistia os animes e costumava ler suas revistinhas, que apresentavam cosplays na última página. Hoje, estou como a princesa Hilda e está bonito de ver como o pessoal se engajou muito para fazer cosplay no evento”, ressaltou.

 

K-POP – Não há barreira de idioma – ou de cotidiano – que impeça os entusiastas do k-pop (música pop coreana) de embarcarem no gênero. Para as garotas do grupo A.ngels – composto por Beatriz Okimura, Alessandra Okimura, Ketyllen do Espírito Santo e Stephanie Santos –, conciliar os ensaios com os horários das aulas no colégio e na faculdade exigiu dedicação. Por outro lado, elas declaram: sobra amor. Inclusive, revelam que se conheceram em um grupo de Taiko, outra atração que marcou presença no evento. 

 

“Cada uma tem seu representante favorito no k-pop. No ‘Master Nerd’, estamos voltadas ao formato ‘girl group’ – como Black Pink e CLS. É a terceira vez que participamos da competição de covers (em dupla e em grupo) e percebemos que as inscrições cresceram muito. Mas, nosso objetivo nunca é disputar. É se divertir. Isso é uma válvula de escape para o dia a dia. E olha que ensaiar foi difícil: Ketyllen e eu estudávamos de manhã, Stephanie é integral e a Alessandra também. Foi cansativo e exigiu inteligência emocional. Só que traz satisfaz”, ponderou Beatriz.  

 

GAMES E AIRSOFT – Diferentemente dos esportes tradicionais, no universo dos videogames não há vantagens físicas ou estereótipos que tirem alguém do páreo. No “Master Nerd”, não foi diferente. As mulheres entraram na disputa de igual para igual pelos mais variados jogos disponíveis no local. Maria Eduarda Almeida e Adna Bertorelio contaram que a identificação com os games resultou também em preferidos. “Meu favorito é Lara Croft (Tomb Raider)”, declarou Maria Eduarda durante uma partida de Mortal Combat – o favorito de Adna.  

 

Outro esporte que atraiu praticantes no evento foi o Airsoft – modalidade que simula operações militares. De acordo com Lehu Araújo, responsável pelo campo de Airsoft no evento, a atividade contou com pessoas de todas as idades – entre principiantes e já praticantes. “Teve participação de jovens e adultos. Muitos puderam conhecer o esporte, que cresce tanto em Mato Grosso quanto no país. Nós montamos uma área isolada e quem participou recebeu instruções e seguiu medidas de segurança. Até quem assistiu teve que colocar óculos de proteção”, destacou.  

 

FEIRA GEEK E POP – Para além do ambiente de imersão, o “Master Nerd” contou com feirinha de produtos voltados à cultura pop e geek – de livros, bótons, camisetas, colecionáveis, quadros, desenhos ao vivo até acessórios como colares, anéis e pulseiras. Entre os expositores estava Margareth “Margô” de Assis, que revelou os itens favoritos do público e destacou que a missão da feira é trazer a arte e a cultura urbana de rua para dentro do evento.

 

“Isto, agora, também dentro do movimento geek, que é um universo muito grande. Tanto que personalizo os produtos na hora – do jeito que a pessoa quer. Cada pessoa se identifica com algo. Mas, as séries Game of Thrones e Sobrenatural têm seu público fiel. O k-pop também está muito em alta com sua liberdade de dança e do colorido. A Marvel, então, deu um presente para nós: o filme ‘Vingadores – Ultimato'. Temos até a Manopla do Infinito aqui”, finalizou.

GALERIA DE FOTOS

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

CONFIRA TAMBÉM NESTA SEÇÃO:































PROGRAMA TRIBUNA VEJA MAIS

O Bom da Notícia Programa Tribuna - 14/06/2019

INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO


INFORME PUBLICITÁRIO




icon COTAÇÕES MT
Boi a Vista R$/@ 135,00
Milho Disponível R$/sc 21,70
Soja Disponível R$/sc 57,00
Algodão R$/@ 90,09
Fonte: Imea







logo O bom da notícia

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte;

Copyright © 2018 - O Bom da Notícia - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet