Segunda-feira, 22 de Julho de 2024

AGRO & ECONOMIA Sexta-feira, 31 de Março de 2023, 14:02 - A | A

Sexta-feira, 31 de Março de 2023, 14h:02 - A | A

Gasolina fecha março acima de R$ 5 e etanol a R$ 4,60, diz Ticket Log

Economia

Gasolina fecha março acima de R$5 e etanol com média de R$ 4,60, aponta Ticket Log
FreePik

Gasolina fecha março acima de R$5 e etanol com média de R$ 4,60, aponta Ticket Log

De acordo com o último Índice de Preços Ticket Log (IPTL), referente ao período de 1º a 29 de março, o preço médio dos combustíveis segue tendência de alta nesse fechamento de mês. A gasolina foi comercializada a média de R$ 5,88, com aumento de 8,92% quando comparado a fevereiro. O litro mais caro para o combustível custou R$ 6,65 em Roraima e o mais barato R$ 5,42 na Paraíba, uma diferença de 23% entre ambos.

Já o etanol fechou o período a R$ 4,60, com acréscimo de 3,70% ante o mês anterior. A média mais alta para o etanol foi de R$ 5,33 no Pará, e a mais baixa, a R$ 3,82 no Mato Grosso, uma variação de 28%.

Entre no canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o perfil geral do Portal iG

“A última redução média nacional para a gasolina que chegou nas bombas de abastecimento do País foi identificada pelo IPTL em dezembro do ano passado, quando o preço médio do combustível passou de R$ 5,33 para R$ 5,27. A gasolina vem registrando aumentos médios de cerca de 1% desde janeiro. Já o etanol acumula aumentos desde novembro, quando fechou a R$ 4,29, com acréscimo de 2% ante outubro”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

Alguns Estados foram destaques, principalmente no que diz respeito aos aumentos. No período, nenhum Estado apresentou redução para a gasolina e o aumento mais expressivo, de 16,5%, foi identificado no Amazonas, onde o combustível passou de R$ 5,63 para R$ 6,54.

Apenas as bombas de abastecimento do Acre registraram redução no preço do etanol, de 1,53% ante fevereiro, que fechou a R$ 4,37. Assim como para a gasolina, o maior aumento para o etanol também foi identificado no Amazonas, de 14,61%, onde o preço médio saiu de R$ 4 para R$ 4,58.

“Quando comparamos com fevereiro, subiu de dois para oito o número de Estados que tiveram o etanol como a opção mais vantajosa para abastecimento, que são: Acre, Amazonas, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e São Paulo. Isso é um reflexo da alta de mais de 8% para a gasolina. Vale ressaltar que o etanol é considerado ecologicamente mais viável para abastecimento, por ser capaz de reduzir consideravelmente as emissões de gases responsáveis pelas mudanças climáticas”, reforça Pina.

No recorte regional, nenhuma região registrou redução, tanto para a gasolina quanto para o etanol. Os aumentos chegaram a 10,01% para a gasolina, como é o caso do litro comercializado no Norte; e de 5,06% para o etanol vendido na mesma região. Além dos acréscimos mais expressivos, a Região Norte também liderou o ranking do maior preço médio entre as regiões, para os dois combustíveis, com a gasolina a R$ 6,24 e o etanol a R$ 5,00.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log.

Fonte: Economia