Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

AGRO & ECONOMIA Quarta-feira, 01 de Maio de 2024, 09:09 - A | A

Quarta-feira, 01 de Maio de 2024, 09h:09 - A | A

CÂMARA FEDERAL

Gisela assume vice-presidência de Frente de Desenvolvimento da Embrapa

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Ao assumir o cargo de vice-presidente pela Câmara dos Deputados da Frente Parlamentar Mista de Desenvolvimento da Embrapa, agora em abril, após convite do presidente da Frente, senador Nelsinho Trad (PSD/MS), a deputada federal Gisela Simona (União/MT) ressaltou a importância de sua participação, ao representar um dos estados brasileiros mais importantes do agronegócio e um dos maiores produtores de alimentos do país.

Também participa da Frente, a vice-presidente no Senado, senadora Tereza Cristina (PP/MS).

"Mato Grosso é hoje um dos maiores produtores de alimentos do país. Somos destaque na produção de soja, milho e algodão. Culturas que a Embrapa auxilia muito com pesquisas. Ter a oportunidade de integrar a Frente, como uma representante mato-grossense, é a chance de colaborar com as pautas nacionais do setor", expõe Gisela.

A Frente Mista da Embrapa foi criada com o objetivo de debater ações de fortalecimento para o setor da agropecuária. Sobretudo, avaliar o impacto de políticas públicas e promover ações inclusivas. Além de articular e integrar iniciativas da Frente com as ações de governo e das entidades da sociedade civil que impulsionem a empresa e o setor.

A empresa completou 51 anos na semana passada, 26 de abril. Ela foi criada em 1973 para desenvolver a base tecnológica de um modelo de agricultura e pecuária que garantisse ao Brasil segurança alimentar e posição de destaque no mercado internacional. Hoje, tendo transformado o país da condição de importador para referência em exportação para o mundo.

Em Mato Grosso, a sede da Embrapa tem se destacado com um trabalho significativo na busca por melhorias na produtividade, eficiência e sustentabilidade do agro mato-grossense. A empresa tem buscado facilitar o acesso dos agricultores e pecuaristas às tecnologias avançadas que estão disponíveis e pesquisas que melhorem o cultivo, uma vez que o estado tem se mantido em destaque na produção de grãos.

"A produção agrícola de Mato Grosso tem se mantido em um elevado patamar, o que contribui de forma significativa na arrecadação nacional, tornando a produção de grão uma das principais commodities agrícolas no mercado internacional", diz a deputada

Segundo dados do IBGE, os municípios de Sorriso, Campo Novo do Parecis e Sapezal, em Mato Grosso, lideram ranking na produção agrícola do Brasil, o que reforça a importância do estado nacionalmente e também a importância da representação de uma parlamentar mato-grossense na diretoria da Frente.