Domingo, 14 de Julho de 2024

AGRO & ECONOMIA Sexta-feira, 02 de Junho de 2023, 10:03 - A | A

Sexta-feira, 02 de Junho de 2023, 10h:03 - A | A

INSS inicia mutirão para conceder BPC a partir de amanhã

Economia

INSS
O Dia

INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai iniciar neste sábado (3) a implementação de mutirões para agilizar a análise de benefícios assistenciais para pessoas com deficiência (BPC). A previsão é que 72 profissionais atendam cerca de 1,5 mil cidadãos.

O BPC é um dos benefícios com maior quantidade de pedidos represados. Ao todo, são 514,7 mil requerimentos na fila.

Entre no canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o perfil geral do Portal iG

Ações serão desenvolvidas aos finais de semana e feriados nas regiões Norte e Nordeste do país, onde está concentrada a maioria dos pedidos desse benefício. O foco será nas avaliações sociais pelos assistentes sociais do INSS, que é uma das etapas para a concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas)

Depois disso, a ideia é implementar o mesmo modelo em outras cidades, incluindo capitais como São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

Além das avaliações sociais, servidores do INSS e peritos médicos estarão presentes para prestar informações, realizar perícias médicas, além de solucionar dificuldades de acesso e a conclusão de alguns benefícios.

O cidadão para ter acesso ao mutirão deve ligar na Central de Atendimento 135 e realizar o agendamento para essa data.

Confira as datas

Caruaru (PE) - 3 e 4 de junho Manaus (AM) - 17 e 18 de junho Imperatriz (MA) - 24 e 25 de junho Montes Claros (MG) - 1 e 2 de julho

A ideia é que outras localidades também realizem mutirões até agosto. Será levado em conta para as ações o número de BPCs represados.

Quem tem direito a receber o BPC LOAS?

Para que se tenha direito ao BPC LOAS, o cidadão precisa ter idade igual ou superior a 65 anos ou ser portador de deficiência (seja lá qual for a faixa etária do paciente). Além disso para se ter acesso ao BPC LOAS, o cidadão deverá possuir renda por pessoa do grupo familiar maior ou igual a um quarto do salário mínimo.

Com relação às pessoas que possuem alguma comorbidade incapacitante, é importante atestar que essa doença o impeça de realizar suas atividades do cotidiano.

Assim, impedimentos de ordem física, intelectual, mental ou até mesmo sensorial, mas que sejam de longo prazo, são formas de requerer o benefício de prestação continuada.

Fonte: Economia