icon Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

AGRO & ECONOMIA Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2019, 18:37 - A | A

Veja as 30 cidades brasileiras que mais contrataram até novembro de 2019

IG Economia

carteira arrow-options
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL
Brasil cria 99.232 vagas com carteira em novembro, 8º mês seguido no azul

Pelo oitavo mês consecutivo, o Brasil registrou um saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de novembro mostram o saldo positivo de 99.232 vagas de trabalho, resultado de 1.291.837 admissões e 1.192.605 desligamentos no período. No acumulado do ano, foram criados 948.344 empregos CLT.

Os dados do Caged foram divulgados nesta quinta-feira (19) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Veja mais: Dezembro chegará a 160 mil vagas temporárias, estima associação

No mês, quatro das cinco regiões apresentaram saldo positivo, com destaque para a região Sudeste com a criação de 51.060 novas vagas. Na região Sul foram 28.995 novos postos; no Nordeste, 19.824; e na Norte, 4.491. A região Centro-Oeste foi a única a registrar saldo negativo em 5.138 postos.

O salário médio de admissão nacional foi de R$ 1.592,26 e o salário médio de desligamento foi de R$ 1.795,16. Em termos reais (mediante deflacionamento pelo INPC), registrou-se crescimento de 0,96% para o salário médio de admissão e de 3,08% para o salário de desligamento, na comparação com novembro do ano passado.

Das 27 unidades da federação, 21 tiveram variação positiva. São Paulo registrou o maior saldo positivo, com a geração de 23.140 novos postos; Rio de Janeiro, com 16.922, e Rio Grande do Sul com 12.257.

Entre os setores, o destaque do mês ficou com o Comércio, responsável pela geração de 106.834 novos postos – a maioria (100.393) no Comércio Varejista. Também tiveram resultados positivos os setores de Serviços, com 44.287 novas vagas e Serviços Industriais de Utilidade Pública, com 419 novos postos.

Apresentaram saldo negativo os setores da Indústria de Transformação (-24.815 postos), Agropecuária (-19.161 postos), Construção Civil (-7.390 postos), Administração Pública (-652 postos) e Extrativa Mineral (-290 postos).

Grupo Carrefour abre vagas de emprego em 13 cidades de São Paulo

Os dados do Caged consideram apenas os empregos com carteira assinada. Existem outros números sobre desemprego apresentados pelo IBGE, que são mais amplos, pois levam em conta todos os trabalhadores, com e sem carteira.

A última Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua registrou que o Brasil tinha, em média, 12,4 milhões de desempregados no trimestre encerrado em outubro.

Confira abaixo o índice das trinta cidades brasileiras com melhore pior saldo de contratação em 2019 até novembro. Os dados são brutos e não são proporcionais aos habitantes.

Melhor saldo de contratação



Pior saldo de contratação 




Fonte: IG Economia


Imprimir

Comentários