Quinta-feira, 20 de Junho de 2024

ARTIGOS Sexta-feira, 09 de Outubro de 2020, 10:21 - A | A

Sexta-feira, 09 de Outubro de 2020, 10h:21 - A | A

Luiz Vieira

Informação: Uma arma poderosa

Luiz Vieira
@Luizvieira2

Não somos parte dos serviços essenciais, não somos médicos, nem enfermeiros, nem gestores públicos, não. Não somos educadores, cientistas, nem curandeiros. Não oferecemos equipamentos, máscaras de proteção, álcool em gel ou qualquer outro item essencial nesse combate a uma epidemia global, também não. Nós somos, nada mais que mensageiros.

Somos comunicadores. Somos os transportadores de uma das armas mais eficazes no combate este mal invisível que já matou mais de um milhão de pessoas: a informação. Estamos nas ruas, todos os dias, por todos os cantos enquanto a maioria está (ou deveria estar) em casa.

Andamos mais que notícia ruim. Aliás, somos nós que a levamos, não porque queremos, mas porque é preciso. Somos o reflexo das ruas e queríamos muito que o mundo fosse bonito e tranquilo como num conto de fadas. Mas não é. A rua é pesada, é caótica e cruel.

Nós, do lado de cá, nos deslocamos até os pontos de acesso a todas as informações que as pessoas precisam receber para que estejam atentas e seguras, para que tenham eficiência ao combater esse vírus maldito que bate à porta.

Nem sempre é seguro e aconchegante o lugar onde a informação está. Arriscamos a nossa saúde, sem hesitar, e entendemos que este é o nosso papel. Ao final de cada dia, de cada leão abatido, sacudimos a poeira e nos preparamos para o próximo desafio. E nunca tem fim.

É hora de encarar, de ser forte, de ter coragem! Muitos, por vezes, se indignam com os veículos de comunicação e, cá entre nós, até é de se entender. Não é incomum, infelizmente, que alguns deles não cumpram com a responsabilidade social da transparência, do respeito, da credibilidade e isso confunde. Mas não seja injusto, não generalize.

Tem muita gente batalhando com extrema cautela, comprometimento e responsabilidade, para que você possa estar seguro em casa, para que tenha acesso a todos os dados, estudos, decretos, orientações médicas... tudo, daí mesmo do seu sofá. Nós, da televisão, do rádio, do jornal, dos sites, estamos aqui para somar com aqueles que são indispensáveis para garantir o seu bem-estar.

São muitos os que merecem o nosso profundo reconhecimento: profissionais da saúde, da segurança, da assistência social, da limpeza, da tecnologia, enfim. Neste momento crítico, sabemos bem que a desinformação pode custar caro e que, mais do que nunca, as fake news devem ser combatidas.

Um equívoco pode, não só confundir, mas custar vidas. E eu te garanto, que ninguém aqui quer que isso aconteça. À parte de todos os ossos do ofício, me orgulho do que faço e espero que possamos celebrar juntos, em breve, o fim dessa tempestade. Pode parecer repetitivo, mas: Prefira ficar em casa! Qualquer coisa, a gente te avisa!

Luiz Vieira é jornalista em Cuiabá.

Os artigos publicados nesta coluna são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões neles emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista do Portal O Bom da Notícia.