Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

AUTOMÓVEIS Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2023, 14:32 - A | A

Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2023, 14h:32 - A | A

Porsche Cayenne elétrico chegará em 2026 pode ser mais veloz que o 911

Carros

Geração atual do Porsche Cayenne se aproxima de seis anos de produção, e Porsche já prepara sucessor
Cauê Lira/iG Carros

Geração atual do Porsche Cayenne se aproxima de seis anos de produção, e Porsche já prepara sucessor

É inegável que o modelo mais icônico da Porsche é o 911 . Sem ele, a marca de Stuttgart poderia ter uma história completamente diferente, mas desde o início dos anos 2000, o Cayenne vem sendo o grande responsável pelo sucesso em vendas da marca, e seu sucessor será completamente elétrico .

O Cayenne está na terceira geração , e neste ano completa seu sexto ano de fabricação, se aproximando do fim do seu ciclo de vida, portanto, a Porsche já planeja o sucessor da geração E3. O novo veículo irá se aproveitar da expertise da marca com essa motorização, mas não será o pioneiro.

O primeiro SUV elétrico da marca deverá ser o Macan - outro grande sucesso no nicho - , esperado para 2024, quando a geração atual do modelo completa 10 anos no mercado. O Cayenne deverá chegar em 2026 , com um SUV ainda maior, de sete lugares , programado para o ano seguinte.

O novo Cayenne, ou seu sucessor - a Porsche ainda não confirmou um nome - irá utilizar a Plataforma Premium Elétrica (PPE) , a mesma do futuro  Macan e do Audi Q6 E-Tron , o que já indica que as quatro rodas serão esterçantes e também terá um sistema avançado de vetorização de torque.

O que se sabe sobre a nova plataforma é que terá arquitetura de 800 Volts e conseguirá recarregar em velocidades acima de 270 kW do Taycan, o que segundo a Porsche, irá garantir carga de 5 a 80% em menos de 25 minutos

Porsche Cayenne Turbo GT detém o posto de SUV mais rápido no circuito alemão de Nürburgring
Divulgação

Porsche Cayenne Turbo GT detém o posto de SUV mais rápido no circuito alemão de Nürburgring

A Porsche já possui tecnologias de 900 Volts na plataforma PPE, mas até o momento só foi experimentada no conceito Mission R , um carro de corrida totalmente elétrico de mais de 1.000 cv.

Podemos esperar baterias de mais de 100 kWh de capacidade (já confirmada para o Macan EV), já que o Cayenne possui mais espaço entre os eixos e precisa enfrentar rivais como o Mercedes-Benz EQS SUV , que tem capacidade bruta de 115 kWh.

O Cayenne terá dois motores elétricos , um em cada eixo, e ambos serão mais eficientes que os do Porsche Taycan . Não há números de potência oficiais, mas podemos esperar que a cavalaria combinada será acima dos 600 cv e mais de 100 kgfm de torque, já que esses serão os números do Macan elétrico . Tamanha força pode fazer com que ele seja mais rápido que o 911 Carrera (0 a 100 km/h em 4 segundos) ou até de uma versão mais potente do clássico esportivo.

Atualmente, o Cayenne é o Porsche mais vendido ao redor do mundo , com 95 mil unidades emplacadas, logo atrás vem o Macan, com 86.724, somados, os SUVs representam 59% das vendas da marca . Para comparação, todas as versões do 911 somaram 40.410 unidades.

Ainda não se sabe se o próximo Cayenne terá versão a combustão , especula-se que a geração atual seja mantida no mercado com uma atualização, já que a plataforma PPE não permite motorização a combustão.

Segundo o portal AutoCar , o preço esperado é abaixo de 170 mil euros  (R$ 926 mil), valor atualmente cobrado pelo Cayenne Turbo em alguns mercado na Europa. Esse custo também servirá de base para o SUV de sete lugares da Porsche , batizado por enquanto de K1, nome pelo qual é conhecido internamente. 

Fonte: IG CARROS