Quarta-feira, 17 de Julho de 2024

BRASIL & MUNDO Terça-feira, 23 de Maio de 2023, 12:01 - A | A

Terça-feira, 23 de Maio de 2023, 12h:01 - A | A

USP adota cotas em concursos para professores e funcionários

Direitos Humanos

A Universidade de São Paulo (USP) vai reservar 20% das vagas em concursos da instituição para pessoas pretas, pardas ou indígenas (PPI). A ação afirmativa vai abranger as seleções para docentes, servidores técnicos e administrativos. A resolução foi aprovada pelo Conselho Universitário na segunda-feira (22).

A reserva de 20% das vagas será aplicada para os concursos com abertura de três vagas ou mais. Para as seleções com uma ou duas vagas, os candidatos PPI receberão pontuação diferenciada a partir da regulamentação estadual.

As autodeclarações dos candidatos pretos e pardos serão confirmadas por uma banca de heteroidentificação. No caso das candidaturas indígenas, será exigido o Registro Administrativo de Nascimento do Índio (Rani) do próprio candidato ou de um dos genitores.

Processos seletivos que estão suspensos na universidade, para a contratação de 79 pessoas para os cargos de analista administrativo, médico veterinário e procurador, deverão receber um novo edital com a incorporação da reserva de vagas.

Fonte: Direitos Humanos