icon Terça-feira, 15 de Junho de 2021

CIDADES Domingo, 15 de Dezembro de 2019, 12:43 - A | A

SEGUNDO PESQUISA

Mais de 60% dos cuiabanos apontam melhoria nos serviços prestados no abastecimento de água

Vivian Nunes - Especial para O Bom da Notícia

Em audiência pública no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso (OAB-MT), realizada nesta última quinta-feira (12), foi apresentado pela Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), o resultado da pesquisa de opinião sobre o desempenho dos serviços prestados no abastecimento de água, esgotamento sanitário e ainda do transporte coletivo.

 

No relatóro apresentado, em particular, quanto aos serviços de água e esgoto na capital mato-grossense, foi constatado uma substancial melhoria no setor, sob a opinião do consumidor. Pelo menos 63,74% dos entrevistados apontaram que o abastecimento de água em suas residências é bom ou ótimo, enquanto que para 6,25% este serviço é ruim ou péssimo. Já quanto ao serviço de esgoto, 55,64% dos respondentes consideraram a prestação como ótima ou boa e, apenas para 8,03%, como ruim ou péssima.

 

A pesquisa ainda mostrou que em 97,31% das residências, o fornecimento de água é feito exclusivamente pela rede de distribuição da rua; 1,90% pela rede de rua e por poço artesiano domiciliar e, apenas, 0,79% por poço. “Das residências com poço domiciliar, 83,82% são do tipo poço artesiano (profundo)”, aponta o levantamento.

 

Desde 2017, o sistema de água e esgoto é administrado pela Concessionária Águas Cuiabá. Desde então, foi firmado um compromisso de investimento da ordem de R$ 1,2 bilhão até 2024. Até o momento, R$ 400 milhões foram aplicados. Um dos últimos investimentos foi entrega da estação de tratamento de esgoto (ETE) do Tijucal, que elevou para 61% o índice de rejeitos coletados e tratados na capital.

 

Em entrevista ao site O Bom da Notícia, o gerente de engenharia da Águas Cuiabá, William Figueiredo, comemorou os resultados da pesquisa.

 

“Tudo se dá pelo fato dos investimentos que a gente vem fazendo desde o final do ano de 2017. O diferencial é que não estamos investindo somente em obra, mas também em tecnologia aplicada e na qualidade dos serviços prestados também. Ficamos muito contente em perceber que os clientes já estão enxergando a melhoria principalmente nos serviços prestados”, explicou. 

 Pesquisa quantitativa foi realizada no período de agosto a setembro deste ano, em mais de 2.500 residências no município de Cuiabá

 

Mesmo com a companhia apresentando melhoras na prestação de serviços, há ainda queixas de moradores em relação a falta de água em determinados bairros. De acordo com o gerente de engenharia, não é possível fazer todo o investimento em apenas um ano. Até 2024 ele garante que estará tudo resolvido, teoricamente. 

 

“A gente vem trabalhando no sistema Sul, depois no sistema Central, seguindo para o sistema do Tijucal. Cada ano a gente vai melhorando no abastecimento de água. [...] O contrato já prevê e estabelece metas contratuais com investimentos previsto até 2024 e nós estamos dentro do prazo”, pontuou. 

 

A meta para 2020 é continuar investindo em saneamento e abastecimento d’água. Após concluir obra no sistema sul, a companhia irá seguir trocando e aplicando rede de água, trocando conjunto de moto bomba e concluindo reservatórios. 

 

Águas Cuiabá também firma investimentos no sistema de esgoto. Até o momento já foram executados mais de 100 mil metros de rede. ETA Tijucal e ETA Dom Aquino já foram concluídas recentemente. E a previsão é que no ano que vem comece obras no sistema de esgoto do Ribeirão do Lipa.  

 

 

Para melhor atendimento 

 

Pensando em não só investimento em obra, Águas Cuiabá também desenvolveu outras táticas para melhor atendimento ao cliente. Colocar equipe para trabalhar em horário diferenciado e colocar tecnologia nos processos é uma delas. A concessionária faz também uma estruturação sempre com foco no cliente, disponibilizando contato por meio de seus canais de atendimento que é o 0800 646 6115 e agora o cliente pode também enviar mensagem pelo aplicativo de WhatsApp que é o 17 9 9641-3259.   

 

Transporte público 

 

Já com relação ao transporte coletivo público, ficam insatisfações. Mas ainda há previsão na licitação de que haja um aumento inicial e que esse aumento seja escalonado até chegar a 100% de ônibus climatizados. A pesquisa é uma ferramenta para que possa reverter essa situação.



Imprimir

Comentários