icon Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

CIDADES Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019, 15:06 - A | A

COM PARALISIA

Mãe vende trufas para comprar aparelhos para o filho

Vivian Nunes/ Especial para O Bom da Noticia

Um gesto e amor! É assim que Rayane Kezia Ferreira Correia, 26, classifica sua decisão, ao começar vender trufas para conseguir custear aparelhos para o filho, Ícaro Henrique Ferreira do Amaral de 3 anos, que por problemas durante o parto tem paralisia cerebral.

 

SegundoRayane, seu filho desenvolveu a paralisia cerebral por negligência médica de um hospital. Durante toda a gestação estava tudo dentro da normalidade. As complicações só começaram a aparecer no dia em que ela entrou em trabalho de parto, por meio de uma cesariana, e foi preciso até mesmo o uso de fórceps.

 

“Ele nasceu e foi direto para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde ficou 23 dias internado entre a vida e a morte”, conta. 

 

Segundo informações da mãe, Ícaro desenvolveu a paralisia cerebral por negligência médica de um hospital

Rayane leva o filho de 6 em 6 meses para fazer o tratamento de saúde no Hospital Sara Kubitschek, em Brasília. Mas o sonho dela é no futuro, quando ele estiver um pouco maior, conseguir levá-lo para a Tailândia, onde ele poderá fazer o tratamento de células tronco, que é muito bom para o desenvolvimento de crianças que têm paralisia. 

 

Com incentivos de amigos, a mãe solteira decidiu vender as trufas para ajudar no custeio de aparelhos especiais para o filho. Após iniciar as vendas, Rayane entrou em depressão por conta de comentários maldosos de pessoas à quem ela oferecia. “Tinha pessoas que me faziam chorar e ficar mal. Uma pessoa falou mal de mim e eu fiquei muito magoada e fiquei quase um mês com depressão”, relata a mãe de Ícaro. 

 

Ícaro, que toma remédios controlados, chegou a ter três paradas cardíacas, além de diversas crises convulsivas. Hoje, a mãe vende trufas para comprar os aparelhos. Ícaro precisa de um andador adaptado, colete, bermuda flex, um parapodium, uma órtese e uma cadeira de banho adaptada.

 

De acordo com a mãe, o menino gosta de coisas simples e a televisão e música é a sua paixão. “Ele ama televisão, ama sertanejo e gosta das coisas mais simples. Ele ama música, ama ficar no canto dele e o sonho dele é o meu também”, diz Rayane. 

 

Rayane oferece as trufas por R$3,50 nos sabores de morango, brigadeiro, beijinho, maracujá e limão. Ela costuma vender nos bares, pizzarias e outros pontos da capital.

 

AJUDA

 

Quem se interessar em ajudar a mãe nesta campanha, o número de contato é o 65 9680-8356. Ou, para quem quiser doar alguma quantia em dinheiro, basta depositar para a conta do Banco Caixa Econômica Federal: Agência: 0016, Operação: 013, Conta: 65909-5, CPF: 077.601.601-60.

 

A mãe também criou uma ‘Vaquina Online’, um novo meio de arrecadamento. A meta de atingir R$ 10.000,00, mas até então, possui apenas 6 apoiadores. https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-o-icaro-rayane-kezia-ferreira-correa



Imprimir

Comentários

Deive 08/12/2019

Legal quando podemos ajudar...

1 comentários

1 de 1