Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

ESPORTES Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 14:44 - A | A

Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 14h:44 - A | A

CAMPEONATO BRASILEIRO

Com 18 bolsistas do Governo, seleções mato-grossenses de handebol conquistam títulos de vice-campeãs

Delegação mato-grossense conta ainda com seis técnicos atendidos pelo programa de bolsas do Governo do Estado

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

As seleções mato-grossenses feminina e masculina de Handebol alcançaram um feito histórico para o Estado, ao se tornarem vice-campeãs no Campeonato Brasileiro Cadete, realizado no fim de semana, em Campo Grande (MS). Dos 32 atletas que estiveram na competição, 18 são bolsistas do Programa Olimpus MT, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

Depois das equipes mato-grossenses ficarem com a 7° colocação, tanto na categoria feminina quanto na masculina, no ano passado, Mato Grosso chegou às finais da competição disputando o título com o estado do Alagoas (masculino) e Pernambuco (feminina).

"A conquista desse título de vice-campeão é mais uma marca no cenário esportivo de Mato Grosso, e mostra o comprometimento e determinação da nossa gestão, técnicos e atletas, todos alinhados e em busca de vôos cada vez mais altos para o esporte do nosso Estado. Estamos felizes e comemorando com muito orgulho esse vice-campeonato", parabenizou o secretário da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

A organização da seleção de atletas entre 15 e 16 anos, categoria cadete (em treinamento de formação) foi da Federação Mato-grossense de Handebol (Fehamat), e contou com o apoio da Secel no translado de Cuiabá para Campo Grande.

As seleções têm atletas de Sorriso, Ipiranga do Norte, Cáceres, Arenápolis, Tangará da Serra, Barra do Garças, Primavera do Leste, Poconé e Sapezal. Além disso, a delegação mato-grossense conta com seis técnicos atendidos pelo Bolsa Técnico do projeto Olimpus.

Para o presidente da Fehamat, Thiago Richoppo, o destaque da conquista vai além do resultado esportivo, evidenciando o talento e o esforço dos atletas e treinadores bolsistas do Estado. 

“O vice-campeonato representa não apenas uma conquista esportiva, mas também o reconhecimento do investimento no esporte local, especialmente através do Olimpus MT para atletas e técnicos, além do suporte da Secel para as federações. Em tudo que a gente faz tem o apoio do Governo do Estado”.