Sexta-feira, 12 de Julho de 2024

O BOM DA VIDA Segunda-feira, 25 de Dezembro de 2023, 09:43 - A | A

Segunda-feira, 25 de Dezembro de 2023, 09h:43 - A | A

EMPREENDEDORISMO

Jornalista ganha as redes com sua arte em bonés e vende para todo Brasil

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Diego Saporski é jornalista, empresário, especialista em rede sociais, bacharel em direito e artista plástico. Mesmo com uma jornada de sucesso em ambos afazeres foi na última profissão que despontou para o sucesso.

Com bonés vendidos em todo Brasil e até fora dele o artista plástico conta que teve medo de expor sua arte, “Eu sempre desenhei.

_Quando criança eu desenhava homens e mulheres sem braço em tudo que eu via. E já exercia o jornalismo. Na minha cabeça eu narrava histórias e desenhava. Criei muitas histórias e com o tempo eu entendi que precisava também escrever pois os desenhos eram feitos mas as pessoas não entendiam o que eu retratava. Com o passar do tempo o desenho ficou de lado e após a pandemia comecei a estudar e desenvolver as artes em bonés. No inicio tive muito receio, vergonha e medo, até que um dia falei vou postar no instagram e ver o que meus seguidores acham.  Foi um sucesso. Vendi os três primeiros bonés da coleção. 

A primeira coleção desenvolvida por Diego foi inspirada em músicas da cantora Thalía, a qual ele carrega uma história linda. A última vez que o artista conversou com seu irmão Diogo foi por conta da gravidez da mexicana. Uma semana após a conversa seu irmão sofreu um acidente de kart. Diego fez uma tatuagem com o título de uma música da estrela de Maria do Bairro. Em 2021, um jornalista mostrou a tatuagem para Thalía. "Eu zerei a vida naquele momento. E foi ali que eu cresci muito no Instagram. Isso me deu coragem de mostrar os bonés que também tinham relação com ela. E foi um sucesso!”, explicou.

Depois disso Diego criou muitos bonés e algumas coleções de sucesso. A coleção “Diamante” foi mais uma inovação do artista. Ele misturou pedras, spray e tinta 3D em um único boné, “Essa talvez seja uma das coleções de maior sucesso. Pessoas de outros países adquiriram. Já temos nosso boné lá nos Estados Unidos, isso é demais!”.

Ao todo foram 210 peças elaboradas, entre elas, uma coleção exclusiva para uma hambúrgueria de São Paulo e um boné excêntrico que ganhou a mídia nacional, “Loucura? Não, coragem! Colocar uma fita K7 em um boné parecia algo improvável eu fiz”, e claro, a obra foi inspirada em um clipe de Thalía que recorda os anos 2000.

Diego conta que o público alvo é pelas redes sociais e Cuiabá, “Muita gente de São Paulo, Rio e Brasília. Claro que Cuiabá também tem um grande público. O meu objetivo é fazer o Mato Grosso todo usar um boné meu”, explicou.

Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho do artista visite @diegosaporski no Instagram.